Cuidados ao Armazenar, Preparar e Servir Vinhos de Guarda

Olá Amigos,

Após a degustação que gerou o último Post (veja aqui) e por sugestão do amigo Haroldo Rodrigues, resolvi pesquisar algumas práticas que a maioria de vocês já devem conhecer bem, mas que são cuidados úteis para aproveitar melhor os melhores e mais antigos vinhos da adega, pois eles requerem mais cuidados que as safras novas para serem aproveitados em sua plenitude.

English Version Click Here

20171104_165129

Armazenamento

Os bons vinhos devem ser armazenados deitados, protegidos de vibrações, luz, atmosfera seca, calor e, acima de tudo, significativas variações de temperatura em um curto período. Deve-se ter cuidado inclusive com a vibração em algumas adegas climatizadas.

Preparação

Quanto mais velho o vinho, com mais cuidado você deve tratá-lo antes de provar. Se as garrafas tiverem mais de 20 anos, elas devem ser colocadas em pé (se possível na adega) 1 ou 2 dias antes da degustação para que qualquer sedimento em suspensão cai para o fundo, permitindo que você o remova facilmente ao decantar.

Temperatura

A temperatura de serviço ideal para os vinhos tintos é entre 16 e 18 °C. Trazer seu vinho para a temperatura correta é um passo essencial no processo de degustação (16 °C no verão ou em países quentes e 18 °C no inverno). Nos locais onde não existe adega climatizada, como restaurantes e hotéis, não tenha vergonha de pedir um balde com gelo e água e deixar o vinho por alguns minutos até chegar na temperatura ideal ou uma pista de gelo para o decantador. Em casa, 15 a 30 minutos com a garrafa ou o decantador na geladeira, normalmente resolve.

Decanter com espaço para gelo
Esse decantador possui uma área para colocar gelo, o que mantém a temperatura do vinho.

Removendo a Cápsula

Corte a cápsula sob o anel na parte superior do pescoço com uma lâmina. O corte nessa posição deve ser feito nessa posição para que o vinho não entre em contato com a cápsula ao ser servido. Para evitar sacudir o vinho, que dispersaria qualquer sedimento, vire sua lâmina de uma vez na garrafa. Uma vez que a cápsula foi removida, limpe o pescoço com um pano úmido.

Desarrolhando

Para os vinhos mais antigos é recomendável utilizar o saca-rolhas de pinças. Você pode envolver o pescoço da garrafa com um pano quente e úmido por alguns minutos para facilitar a remoção da rolha. Ao inserir o saca-rolhas, seja qual for o modelo escolhido, evite chacoalhar a garrafa para não dispersar os sedimentos.

Se mesmo assim a rolha quebrar ou afundar, recomenda-se “peneirar” o vinho. Para isso, o ideal é ter uma peneira de metal fina separada somente para essa função.

Clique aqui para ver um vídeo demonstrativo do uso do saca-rolhas de pinças.

Preparando o Decantador

Enxaguar os decantadores com água corrente e depois drena-los. Depois enxague novamente com um pouco de vinho e dispense esse vinho (isto é chamado de “tempero” do decantador).

Decantação

A decantação envolve a transferência do vinho para um decantador para deixá-lo respirar e separar qualquer sedimento que tenha se formado naturalmente durante o processo de envelhecimento. Para os vinhos jovens (com menos de 10 anos), a decantação apenas os areja levemente e libera a fruta. Para os vinhos mais antigos (especialmente mais de 20 anos), a decantação não só areja, mas também remove o sedimento natural, o que seria desagradável no paladar. Quanto mais velho é o vinho, mais próxima do momento de ser servido precisa acontecer a decantação de modo a reter a gama completa de aromas, ser a decantação for feita por um período longo, ele pode oxidar-se.

IMG-20160828-WA0008

Não existe uma regra para o período que o vinho precisa ser decantado para atingir sua plenitude e acompanhar de perto essa etapa é muito importante com provas regulares a cada 30 minutos. Clicando aqui você pode reler um Post que fala sobre essa tema.

Como sugestão, para os vinhos de Bordeaux com até 10 anos, decantar duas horas antes de servir. Para garrafas de 20 anos, decante uma hora antes de servir e para vinhos de 40 anos, decante no momento de servir por cerca de 1 minuto.

Pegue o decantador na sua mão esquerda (se você for destro) e incline o decantador para a direita. Segure a garrafa na mão direita, pelo ombro, com a etiqueta voltada para cima e despeje o vinho tão devagar quanto possível na lateral do decantador. Quando você visualizar o sedimento perto do ombro da garrafa, pare de jogar vinho no decantador. Coloque o decantador em uma posição vertical e aguarde o período necessário. É recomendável cobrir a boca do decantador com uma peneira ou papel para evitar que algo possa cair no vinho.

Servindo

Escolha o modelo ideal de taça, de preferência de cristal transparente que permitem observar melhor a cor do vinho. Enxague bem as taças após lavá-las pois, restos de sabão alteram sabor e aromas.

As taças devem ser preenchidas até um máximo de 1/3 de cheio (60 a 90 ml) para que o vinho possa se desenvolver e o gosto seja plenamente apreciado.

Fontes: http://www.chateau-ducru-beaucaillou.com

9 comentários em “Cuidados ao Armazenar, Preparar e Servir Vinhos de Guarda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s