Os Melhores Vinhos Chilenos do Descorchados 2018

Olá Amigos,

Pra começar a falar sobre os melhores vinhos do Guia Descorchados 2018, escolhi justamente o Chile que é onde Patricio Tapia lançou a primeira edição com apenas 600 vinhos chilenos. Nesta edição são cerca de 4.500 vinhos e apesar de obviamente, eu não ter provado a maior parte desses vinhos, consegui fazer um resumo dos principais.

Percebo que o perfil de gosto de Patricio Tapia vem mudando com os anos, dando em muitas vezes notas mais expressivas para vinhos mais jovens e frutados com menos passagem por madeira. O meu perfil não mudou, sou fã dos vinhos complexos e estruturados, com longa passagem em madeira e muita potência.

Os vinhos com maior pontuação este ano foram o Chadwick 2015 e o RHU 2013, ambos com 98 pontos. O Chadwick ainda precisa de muitos anos em estiba mas faz jus a nomeação, já o RHU, que foi um dos primeiros que provei no evento, não entraria nos meus TOP 50 desta edição.

Na minha opinião os melhores vinhos do evento foram os chilenos e não foi fácil selecionar 20 vinhos para esse Post, com certeza ótimos vinhos ficaram fora da lista, mas em breve eu trarei mais algumas dicas.

Outro ponto importante é que em sinal de protesto as vinícolas que alteraram as safras oferecidas na degustação colando uma etiqueta sobre a safra engarrafada, eu retirei todos esses vinhos da lista. Não houve nenhuma explicação por parte dos produtores e dessa forma não sei qual era a safra real da garrafa. Se você ainda não viu as etiquetas trocadas, basta clicar no link a seguir: Lançamento do Guia Descorchados 2018.

Então vamos a lista:

TOP 20 Vinhos Chilenos no Descorchados 2018

1. El Principal 2014, Viña El Principal, (Blend Tinto) – eu já havia escolhido como melhor no geral de 2013, agora o melhor chileno em 2014.

2. Caballo Loco Number Seventeen, Viña Valdevieso, (Blend Tinto) – fantástico!

3. Domus Aurea 2013, Clos Quebrada de Macul, (Cabernet Sauvignon).

4. Chadwick 2015, Viñedo Chadwick, (Cabernet Sauvignon) – vai evoluir muito.

5. Código de Família 380, Aresti, (Blend Tinto).

6. Don Melchor 2014, Concha y Toro, (Cabernet Sauvignon) – outro que vai evoluir.

7. Don Maximiano 2015, Errazuriz, (Blend Tinto)

8. Mingre 2013, J Bouchon Family Wines, (Blend Tinto).

9. Ketran 2013, Siegel Family Wines, (Blend Tinto).

10. Gê 2014, Emiliana, (Blend Tinto) – um dos melhores biodinâmicos que provei.

11. Aliara 2012, Odfjell, (Blend Tinto).

12. Las Pizzaras 2016, Errazuriz, (Chardonnay).

13. Family Collection 2013, Aresti, (Blend Tinto).

14. Purpel Angel 2015, Viña Montes, (Carmenere).

15. Antiyal 2015, Antiyal (Carmenere).

16. Pehuen 2014, Viña Santa Rita, (Carmenere).

17. Caballo Loco Gran Cru Apalta 2014, Viña Valdevieso, (Blend Tinto).

18. Cabo de Hornos 2015, Viña San Pedro, (Cabernet Sauvignon).

19. Sol de Sol 2014, Viña Aquitania, (Chardonnay) – um dos meus brancos favoritos.

20. Chaski 2014, Perez Cruz (Petit Verdot).

 

 

E como já é usual, seguem 5 dicas de vinhos bons e baratos!

1. Orzada Carignan 2016, Odfjell, (Carignan).

2. Kiñe 2017, Viña El Principal, (Verdejo).

3. Block Series Malbec 2015, J Bouchon Family Wines, (Malbec).

4. Marques de Casa Concha CS 2015, Concha Y Toro, (Cabernet Sauvignon)

5. Cartagena Sauvignon Blanc 2017, Casa Marin, (Sauvignon Blanc)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

9 comentários em “Os Melhores Vinhos Chilenos do Descorchados 2018

  1. Estou acompanhando os seus pôsteres e notei que o lançamento do guia em São Paulo foi mais completo que o evento aqui no Rio! Que aconteceu no VillageMall, e não contou com a participação de tantos produtores importantes!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Boa lista Sitta!
    Ano passado concordamos que o El Principal foi o melhor vinho do evento, vejo que não foi acaso, pois apesar de não estar entre os mais pontuados oficialmente é produzido com extrema qualidade!
    Parabéns pelo post!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Amigo, os da Aresti não entram nem num top 500 (alias estou bebendo um Family Collection Assemblage 2013 neste exato momento e não recomendo)…..Mas para ser sincero o Tapia esta longe de ser uma referencia. Ele da notas a vinhos “diferentes” que não valem nada. Sem contar que para ele qualquer vinho chileno esta acima dos 90 e não usa o mesmo critério para vinhos argentinos, brasileiros e uruguaios. Anyway….sou mais a sua referencia.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Juan
      Eu também não confio em nada no Tapia. Mas gostei muito desse Aresti. Mas nunca se sabe o que acontece nas degustações. Já comprei muita garrafa em degustação e quando cheguei em casa era outra coisa bem pior. Abraços

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s