Top 20 – Abril 2018

Amigos,

Chegamos a 5ª edição da lista dos melhores (e piores) vinhos provados ao longo do último mês. Desta vez trazemos a lista do mês de abril, e desde o início desta lista este foi sem dúvida o mês mais especial, com dois grandes eventos (o Lançamento do Guia Descorchados 2018 e o Port and Douro Wine Tasting São Paulo 2018), além das habituais confrarias e degustações.

Confesso que foi impossível escolher apenas 12 vinhos então, neste mês, vou alterar um pouco o formato das listas anteriores e divulgar uma relação com os 15 melhores do mês e os 5 melhores custo x benefício, e não divulgar a lista com os 3 piores.

As listas completas com os melhores vinhos dos dois eventos acima estão nos posts anteriores. E pra quem ainda não viu a lista de março, segue o link: Top 20 – Março 2018.

Top 15 melhores vinhos do mês:

1. Vega Sicília Único 2003, Vega Sicília, Espanha – esta é a 4ª vez que a Espanha fica na ponta da lista, abrir ou guardar.

2. Sangiovese Toscana 2006, Soldera, Itália – minha primeira prova dessa maravilha, abrir ou guardar.

3. Saint-Emilion Premier Grand Cru Classé 1981, Chateau Cheval Blanc, França – também minha primeira prova e estava vivíssimo, abrir.

4. Brunello di Montalcino 1997, Biondi-Santi, Itália – o melhor Brunello, abrir.

5. Pintas Douro 2011, Wine & Soul, Portugal – a melhor safra, guardar.

6. Tokaji Aszú 6 Puttonyos 1999, Tokaj Classic, Hungria – néctar dos Deuses, abrir.

7. Solaia 1996, Antinori, Itália – abrir imediatamente.

8. Clos Apalta 2010, Lapostolle, Chile – guardar.

9. D.V. Catena Nicasia Vineyard 2007, Catena Zapata, Argentina – abrir ou guardar 2 anos.

10. El Principal 2014, Viña El Principal, Chile – guardar.

11. Barca Velha 1995, Casa Ferrerinha, Portugal – abrir.

12. Pauillac Grand Cru Classé 1994, Chateau Pontet-Canet, França – abrir.

13. Alteza 2015, Matervini, Argentina – guardar.

14. Caballo Loco Sagrada Família 2008, Viña Valdivieso, Chile – abrir ou guardar.

15. Caballo Loco Seventeen, Viña Valdivieso, Chile – sempre pronto, abrir ou guardar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Top 5 custo x benefício e indicações do mês:

1. Quinta da Gaivosa 2013, Alves de Sousa, Portugal – na lista dos melhores C x B pois comparado ao Abandonado e o Reserva Pessoal, está muito próximo.

2. Syrah 2012, Casa Ermelinda Freitas, Portugal – perfeito por R$ 75.

3. ACrux 2009, Viña Sutil, Chile – menos de R$ 100 em um vinho acima de 4 estrelas.

4. Bramare Valle de Uco 2015, Viña Cobos, Argentina – não é dos mais baratos mas bate muitos que custam 3 vezes mais.

5. Toro de Piedra Gran Reserva Chardonnay 2016, Viña Requingua, Chile – R$ 65.

Este slideshow necessita de JavaScript.

E ainda preciso fazer uma menção honrosa a alguns vinhos que estariam na lista dos melhores em qualquer um dos outros meses: La Rioja Alta Gran Reserva 890 2004; LTU Malbec 2013; Vinha da Francisca Douro 2013; Abandonado 2013; Felix Blend 2013;  Cortes de Cima Reserva 2009; Almaviva 2000 e Don Melchor 2009. Inclusive alguns desses estão nas listas dos eventos. Todos valem como indicação aos amigos!!

E abril foi assim, até maio!

9 comentários em “Top 20 – Abril 2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s