Gosto é Gosto! Lição de uma Degustação Vertical.

Olá!

O que me levou a escrever este Post não foi exatamente a degustação vertical que fizemos no último jantar da turma, com três safras do Pasionado Cabernet Franc da Andeluna Cellars, mas a diversidade na opinião de cada um dos participantes em relação a qual safra foi a melhor.

Na última quinta-feira, dia 03 de maio, nos reunimos em 11 confrades e degustamos, entre outros vinhos, as safras 2008, 2009 e 2014 do vinho acima. No grupo, embora alguns com maior bagagem técnica, todos tem muita “litragem” e de certa forma, um perfil de gosto alinhado, sabendo diferenciar com facilidade características e defeitos de um vinho. Eu esperava então que as safras evoluídas levassem alguma vantagem sobre a mais nova (2014), exceto se as mais antigas tivessem “passado”, o que de fato não ocorreu.

Vertical de Pasionado Cabernet Franc

O vinho é um varietal de Cabernet Franc do Vale de Tupungato em Mendoza, Argentina, produzido sob consultoria de Michel Rolland e todas as safras são envelhecidas em carvalho francês por 18 meses. Existe apenas uma pequena variação na graduação alcoólica: a safra 2008 tem 15,0%, a safra 2009 tem 15,5% e a safra 2014 tem 14,5%.

Todos as safras estavam excelentes, cada uma na sua característica. As duas mais antigas estavam mais complexas, macias e equilibradas, com algumas leves notas terciárias, mas ainda bastante vivas e provavelmente próximas ao auge. A safra mais nova estava mais potente e austera, com taninos firmes, mas todas ressaltavam as boas qualidades do vinho.

A votação foi a grande surpresa e trouxe uma lição, mais uma vez em relação a certos pré-conceitos. Como eu já disse, imaginei que as mais evoluídas levariam ampla vantagem até porque prefiro os mais evoluídos, e isto não foi o que aconteceu. E sabem por que? Porque gosto é gosto e quando o vinho é bom ele pode agradar a diferentes paladares por muitas características tais como potência, complexidade, notas terciárias, fruta, vivacidade, etc. E mesmo que você goste de vinhos mais evoluídos, alguns jovens podem surpreender e vice-versa.

No resultado final, alguns elegeram como melhor o 2008, outros o 2009 e outros o 2014. Na minha opinião a ordem foi 2009, 2008 e 2014, mas isso pouco importa. O que valeu foi a ótima experiência, a lição aprendida e o prazer de mais um encontro com a turma!!

 

 

4 comentários em “Gosto é Gosto! Lição de uma Degustação Vertical.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s