Vinhos de Fora do Circuito Tradicional Parte 5 – Colômbia.

Amigos,

Aproveitando a iniciativa do confrade Ivan Ribeiro, estamos publicando uma série de curiosidades sobre países menos tradicionais na produção de vinhos. A Colômbia é nossa quinta parada!
E para quem ainda não viu o Post da quarta parada, a Croácia, o link esta a seguir:

Vinhos de Fora do Circuito Tradicional Parte 4 – Croácia.

Curiosidades e Detalhes sobre Vinhos Colombianos:

A Colômbia foi uma grata surpresa para mim. Muito embora não seja a bebida mais consumida do país, onde se destacam o consumo da cerveja e do aguardente, sem esquecermos do uísque, que tem figuração meramente de status social e poder.

O consumo médio é bem baixo, menos de 1 litro por ano para cada pessoa. No entanto, mesmo assim, a Colômbia produz vinhos que tem reconhecimento mundial e premiações em alguns concursos na Europa. Muito embora, com o crescente aumento do poder econômico da Colômbia e aumento do consumo de vinhos, as importações de vinhos Chileno, Argentinos, Espanhóis e Brasileiros tem crescido.

Colombia4

Da produção regional, o principal vinhedo da região é o Aim Karim, que está localizado em Villa Leyva que fica a aproximadamente 180 km de Bogotá e 2100 metros de altitude.

Nesse vinhedo podemos encontrar as plantações das seguintes castas: chardonnay, cabernet sauvignon e sauvignon blanc.

Colombia3

Atualmente a Aim Karim produz 5 tipos de vinhos, sendo: um branco, um rosé e três tintos. Tendo como seu grande representante o vinho Marquês de Villa Leyva Cabernet Sauvignon Gran Reseva. Podendo ser feita uma visita dirigida em Sutamarchán, que fica a 12 km da Villa Leyva, e onde ocorrer todo o processo de fabricação dos vinhos dessa vinícola. As visitações são guiadas e podem verificar todos os processos de produção e visitação as caves durante todo o ano, sem restrições de período.

O importante é que o vinho vem representando um mercado crescente, e a Colômbia, como grande consumidora de nossos vinhos nacionais, estará realizando dos dias 1º à 4º de agosto de 2018, a 13º Expovinos, que é considerada a maior feira de vinhos do País.

Colombia1

Nessa feira, além de poucos produtores locais, teremos a presença de 6 vinícolas do Brasil que levarão nossos vinhos, espumantes e sucos de uva, para manter esse processo crescente de intercâmbio econômico, cultura e social entre os países. Teremos a presença da Arbugeri, Casa Perini, Miolo, Mioranza, Salton e Santini, com uma importante participação da Wines of Brasil e 100% Grape Juice of Brazil, desenvolvidos pelo Instituto Brasileiro do Vinho – Ibravin, em conjunto com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos – Apex-Brasil.

É uma região para se conhecer, e deve entrar no circuito mundial, as avaliações sobre a Villa Leyva são extremamente positivas e comungam de um pensamento de cordialidade nos tratamentos com os turistas na região.

Assim, temos mais um belo destino a ser explorado. A Colômbia está no mapa do vinho e fora do circuito tradicional.

Ivan Ribeiro do Vale Junior.
Sommelier Profissional e WSET 2.
Advogado.
Membro da Confraria Mês Que Vem Tem Mais.
@ivanrvalejr
@confrariamesquevemtem

4 comentários em “Vinhos de Fora do Circuito Tradicional Parte 5 – Colômbia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s