El Porvenir

A cidade de Cafayate é realmente um oásis para quem gosta de vinhos. Imaginem uma vinícola que fica a menos de 300 metros do centro de uma cidade pequena, onde podemos ir caminhando da maioria dos hotéis para fazer uma bela visita e degustação. Esta é a El Porvenir, uma bodega no coração da cidade.

A vinícola fundada há quatro décadas atrás, e dedicada a fazer vinhos de partida limitada e alta gama, adquiriu nos anos 2000 as instalações de uma bodega centenária e conservou sua estrutura externa, em respeito ao patrimônio, mas conta com um parque industrial de ultima geração para produção de vinhos. A primeira safra da nova instalação foi em 2001.

A bodega possui quatro vinhedos distintos e processa internamente cerca de 60% das uvas plantadas vendendo o excedente de produção a outras vinícolas. A produção atual gira em torno das 400.000 garrafas por ano. Desse percentual 50% é dedicado a exportação, principalmente para Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e Suiça. A participação brasileira é bem pequena. Um dos pontos a se destacar é a grande quantidade de rótulos disponíveis para a produção total, com uma vasta gama de opções em castas e tipos de vinho.

Nas uvas brancas, o Torrontes, umas das principais castas de Salta, é muito bem trabalhado pela bodega que possui 4 diferentes tipos de vinhos nesta casta (inclusive um consecha tardia e um corte de colheitas em três diferentes períodos para variar a madurez da uva). Além dela são produzidos vinhos Chardonnay. Nas uvas tintas, o Malbec, Cabernet Sauvignon, Syrah e Tannat possuem vinhos varietais. Também são plantados ai relançar Petit Verdot, Cabernet Franc e Merlot para cortes. O tipo de carvalho usado é francês e americano.

Como novidades para o próximo ano estão varietais das castas Bonarda e Petit Verdot. Inclusive provamos esse Petit Verdot junto com o enólogo Paco Puga durante a degustação.

IMG-20180829-WA0020
Paco Puga, enólogo da El Porvenir

Outro ponto a se destacar é que o espetacular Paul Hobbs acompanha a bodega desde 2010 como enólogo consultor.

Os vinhos provados durante a degustação, acompanhada pelo enólogo Paco Puga, foram: Amauta Torrontes Absoluto 2017, Laborum Torrontes Single Vineyard 2017, Amauta Cabernet Sauvignon Absoluto 2017, Amauta Corte IV Innovacion 2017, Laborum Syrah Single Vineyard 2016 e o novo vinho da bodega Laborum Petit Verdot Parcela 2016.

Destaques para o lançamento Parcela, que será produzido em quatro diferentes castas. O Petit Verdot passa 16 meses em carvalho francês e apesar de jovem já tem a madeira bem integrada e frutas no nariz e palato, boa persistência e final potente.

IMG-20180809-WA0096

Outra curiosidade é que a El Porvenir possui 4 diferentes cortes na linha Amauta (Inspiracion, Respeto, Reflexión e o que provamos, Innovación). Os três primeiros cortes são fixos e o último mudava a cada safra, mas devido ao sucesso do 50% Cabernet Franc e 50% Tannat, não houve alteração nos últimos três anos.

IMG-20180809-WA0093

A bodega possui programa de visitas para degustação e almoço. Os detalhes podem ser obtidos através do link abaixo:

http://www.elporvenirdecafayate.com/turismo/

9 comentários em “El Porvenir

  1. Conheço quase todos os vinhos da El Porvenir! Não vi referências ao vinho top da vinícola, o “ Out family Icon” . Não te mostraram? É um vinho de alta linhagem! Inclusive no evento da ODA , estava exposto, mas não ofereceram para degustar. Pelo menos no período que estive lá, na sexta-feira! Bela matéria Rodrigo!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s