Top 20 – Agosto 2018

Olá Amigos,

Estou um pouco atrasado na divulgação da lista dos melhores vinhos de Agosto, mas estava justamente cobrindo o evento do próximo Post, a Oda Al Vino realizado em Puerto Iguazu. Vale a pena conferir o post nos próximos dias pois o evento trouxe grande parte das principais vinícolas argentinas.

Mas voltando a Agosto, aqui vai mais uma edição da nossa coluna mensal dos Top 20 vinhos do mês, com as dicas de evolução das safras, as dicas de custo x benefício e os vinhos que decepcionaram. A lista do mês passado está no link a seguir: Top 20 – Julho 2018.

Devido a um “empate técnico” este mês são os 13 melhores vinhos do mês e apenas 2 vinhos que decepcionaram.

Top 13 melhores vinhos do mês:

1. Vinha Maria Teresa 2003, Quinta do Crasto, Portugal – incrível e leva o nome da minha falecida mãe. Tinha que ser o número 1, abrir ou guardar.

2. Termanthia 2011, Numanthia, Espanha – estava na Wish List, guardar.

3. Gran Vu Blend 2012, Salentein, Argentina – outro da Wish List, guardar.

4. Yacochuya 2001, Yacochuya, Argentina – maravilhoso, abrir mas pode guardar dois anos.

5. Il Nero 2009, Antigua Bodega Stagnari, Uruguai – abrir ou guardar.

6. Carmin de Peumo 2010, Concha y Toro, Chile – guardar mas pode abrir.

7. Finca Bella Vista 2011, Achaval Ferrer, Argentina – guardar.

8. VIK 2011, Vina VIK, Chile – guardar.

9. Gran Vin 2007, Cuvelier Los Andes, Argentina – um néctar, abrir.

10. Palo Domingo 2013, Domingo Molina, Argentina – guardar.

11. Durigutti Família 2010, Durigutti, Argentina – abrir ou guardar.

12. Cabernet Sauvignon 2015, Joseph Phelps, USA – irmão mais novo do Insígnia, guardar.

12. Val de Flores 2006, Michel Rolland, Argentina – abrir.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Top 5 custo x benefício e indicações do mês:

1. Encruzado 2013, Kelman, Portugal – excelente branco por R$ 119 no Empório Frei Caneca.

2. Testardi Syrah 2016, Miolo, Brasil – ótimo Syrah nacional, custa cerca de R$ 129.

3. Douro Reserva Branco 2016, Borges, Portugal – importado pela Taste Wines.

4. Siesta en el Tahuantinsuyu Cabernet Franc 2013, Ernesto Catena, Argentina – bate muito Cabernet Franc argentino com mais nome e mais caro. Excelente!

5. Reserva Merlot 2015, Alto de La Ballena, Uruguai – mas não sei se tem no Brasil.

Top 2 piores vinhos ou decepções do mês:

1. Virtus Moscato 2018, Monte Paschoal, Brasil – não sei como a Gol tem coragem de servir na Sala Vip.

2. Barrel Fermented Malbec 2016, Saurus, Argentina – não agradou.

Nova lista no início de Outubro, abraços a todos!!

12 comentários em “Top 20 – Agosto 2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s