Rótulos Personalizados – Parte 2

Segunda parte do Post que traz as tentativas das vinícolas em atrair a atenção do público através do apelo visual! E para quem ainda não viu a primeira parte, recomendo que o faça, antes de ler esta segunda parte. Lá fala um pouco mais dessa necessidade e suas implicações. O link está abaixo:

Rótulos Personalizados – Parte 1

7. Realidade Aumentada

Na minha opinião, a Realidade Aumentada tem um enorme potencial em todos os aspectos da vida e certamente terá seu lugar no setor de vinhos. Para aqueles que não estão familiarizados com a Realidade Aumentada, assistam ao vídeo abaixo. Realidade aumentada tem o potencial de transformar um rótulo em uma experiência 3D, dando-lhe uma força muito maior para contar uma história ou oferecer informações interessantes e úteis sobre o vinho, como informações técnicas ou descritores de sabor. O produtor de vinho pode até aparecer discutindo seu vinho, enquanto alguém na loja considera sua escolha.

 

8. Etiquetas de metal

Como o nome sugere são rótulos de metal. Essas etiquetas podem ser bastante caras e, devido ao seu volume, normalmente precisam ser colocadas à mão. Os rótulos de metal são, portanto, geralmente mais adequados para vinhos de partidas limitadas e alta gama. Essas etiquetas podem vir em ouro, prata, cobre e bronzes e ter um acabamento rústico envelhecido ou permanecer limpo e brilhante.

Eu particularmente adoro essas etiquetas e tenho uma série de garrafas guardadas como recordação. Algumas delas nas fotos abaixo:

 

9. Garrafas com impressão em serigrafia.

As garrafas de vinho com impressão em tela custam um pouco mais do que as etiquetas tradicionais de papel, mas para o aumento do impacto, o custo adicional pode ser facilmente justificado. A impressão de tela pode incluir até seis cores, embora com cada cor adicional o custo aumente à medida que cada um é aplicado separadamente. Serigrafia também pode incluir até 7 cores metálicas, incluindo ouro, prata e bronze para criar resultados de alta qualidade.  Uma vez que a tinta é aplicada, ela é queimada para curar na garrafa. Ao contrário das tradicionais etiquetas de papel que podem descascar, desbotar, rasgar ou ser danificadas pela exposição prolongada às etiquetas impressas com tela de proteção contra a umidade, elas perduram por décadas sem incidentes.

A grande vantagem das garrafas impressas é que, ao contrário das etiquetas de papel que são restritas aos seus limites definidos,  elas podem ser impressas em uma arte de 360 ​​graus.

Rotulo 8

10. Formato da garrafa.

Sem dúvida que cria um grande apelo visual e pode criar um elo com o consumidor mas desta vez eu não sou muito favorável.

Garrafas com formatos diferenciados como as abaixo podem trazer enorme dificuldade para armazenamento na adega ou para armazenamento na posição correta. Mas não há como negar que fica muito atrativo.

 

 

11. Alteração da cor da etiqueta por temperatura.

Uma inovação recente na indústria de rótulos é a alteração de rótulos por temperatura. Isto é mais adequado para vinhos brancos, pois mostra o quando o vinho está na temperatura ideal para consumo. Eu mesmo já havia divulgado anteriormente um rótulo da Viña Marichal, do Uruguai, que possui esta tecnologia.

 

Fontes:
https://www.thecoolist.com – 30 Creative and Unusual Wine Label Designs
http://beetlecreative.com – TRENDS & TECHNOLOGY FOR WINE LABELS

5 comentários em “Rótulos Personalizados – Parte 2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s