Top 20 Vinhos – Outubro 2018

Amigos,

Mais uma edição da nossa coluna mensal dos Top 20 vinhos do mês, com as dicas de evolução das safras, as dicas de custo x benefício e os vinhos que decepcionaram. A lista do mês passado, para quem ainda não viu, está no link a seguir: Top 20 – Setembro 2018.

Pela primeira vez na lista, a Austrália fica no topo. e com certeza está entre os 5 melhores do ano também.

Top 12 melhores vinhos do mês:

1. Grange Bin 95 2003, Penfolds, Austrália – excelente vinho, daqueles pra tomar uma vez na vida, abrir ou guardar.

2. Cheval des Andes 2002, Cheval des Andes, Argentina – a melhor safra de uma vertical com as 15 já produzidas, abrir.

3. Massimo Deicas 2013, Família Deicas, Uruguai – de novo na lista, é soberbo, guardar.

4. Saint-Emilion Premier Grand Cru Classé 1979, Chateau Cheval Blanc, França – abrir.

 

5. Brunello di Montalcino Riserva 2004, La Magia, Itália – abrir.

6. Brunello di Montalcino 2010, Castel Giocondo, Itália – guardar.

7. Vintage Port 1967, Krohn’s, Portugal – abrir ou guardar.

8. Grande Cuvée Brut , Krug, França – no vintage.

 

9. Osíris Merlot 2007, Antigua Bodega Stagnari, Uruguai – abrir ou guardar.

10. D.V. Catena Adrianna Vineyard 2010, Catena Zapata, Argentina – guardar.

11. Brunello di Montalcino 2007, Bueno-Cipresso, Itália – abrir ou guardar.

12. Gran Reserva 2005, Milantino, Brasil – estava na minha Wish List, abrir ou guardar.

 

Top 6 custo x benefício e indicações do mês:

1. Hedone Blend, Lauri Viana, Argentina – provado novamente no meu aniversário, vale muito, R$ 115 na Casa Sagres.

2. Semillón – Sauvignon Blanc 2015, Bodega Alandes, Argentina – da série Paradoux Blend por R$ 55 na Vinos & CO – Puerto Iguazu.

3. Touriga Nacional Single Vineyard 2017, Miolo, Brasil – o melhor dessa linha por R$ 69 no Empório Frei Caneca.

4. Hedone Gran Reserva Chardonnay, Lauri Viana, Argentina – outro do meu aniversário, R$ 80 na Casa Sagres.

5. Touriga Nacional Reserva, Ermelinda Freitas, Portugal – R$ 75,00 na Casa Sagres.

 

Top 3 decepções do mês:

1. Virtus Tannat 2016, Monte Paschoal, Brasil – servido na sala VIP da GOL no aeroporto de Guarulhos. Com certeza a GOL poderia ter caprichado um pouco mais.

2. Virtus Cabernet Sauvignon 2017, Monte Paschoal, Brasil – idem acima.

3. Rioja Reserva 2000, Sonsierra, Espanha – não tem estrutura para suportar 20 anos, estava morto.

 

E assim foi outubro! No início do mês que vem a lista de novembro!

5 comentários em “Top 20 Vinhos – Outubro 2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s