Bueno Wines – Galvão Bueno e os Vinhos.

Olá,

Que Galvão Bueno é um dos principais nomes da Rede Globo e da TV brasileira, todos sabem. Mas que Galvão Buenos é tão apaixonado por vinhos que abriu sua própria vinícola, nem todos sabem.

Foi em países como Portugal, Espanha, França e Itália que Galvão teve contato mais intenso com a cultura dos vinhos. A bagagem internacional levou Galvão a se interessar também pela indústria brasileira de vinhos. Ele entrou em contato com produtores locais e decidiu introduzir essa nova paixão na sua vida empresarial.

IMG-20181108-WA0048
Roberto Cipresso e Galvão Bueno

É na Campanha Gaúcha, em Candiota, no Rio Grande do Sul, que se encontra a Bellavista Estate. Desde o início das atividades, a vinícola sempre foi assessorada por grandes nomes do Mundo dos Vinhos, começando por Michel Rolland e hoje sob a supervisão do renomado enólogo italiano Roberto Cipresso. O primeiro resultado da união de Galvão e Cipresso foi o Bueno La Valletta. A parceria deu tão certo que os dois lançaram o Bueno-Cipresso Brunello di Montalcino.

Degustação da Linha Bueno Wines.

Fui convidado pelo representante de vendas e confrade Elias Cabral para participar junto com a Executiva de contas da vinícola, Adriana Andreata, de uma degustação de rótulos da linha produzida no Brasil e do excelente Brunello di Montalcino.

Entre os vinhos de entrada da vinícola provamos o espumante VIC (Very Important Celebration) e o tinto VIN (Very Important News), vinhos sem safra e fáceis de beber e vendidos no site da Bueno Wines por R$ 59,44.

Da linha Bellavista provamos o ótimo espumante Brut Rosé (R$87,85), que me agradou demais e foi a maior surpresa da degustação, o Bellavista Estate Sauvignon Blanc 2017 e o Bellavista Estate Pinot Noir 2017 (R$87,85 ambos). Também provamos o Cuvée Prestige  (R$ 122,74) e o Bueno Paralelo 31 (R$122,74) que é um corte de Cabernet Sauvignon, Merlot e Petit Verdot envelhecido por 12 meses em carvalho francês e americano.

Mas a grande estrela da noite foi o excelente Bueno-Cipresso Brunello di Montalcino 2007 (R$ 503,87), produzido com uvas 100% Sangiovese Grosso e envelhecido durante 24 meses em barricas de carvalho francês e esloveno de primeiro e segundo uso além de estágio de 36 meses em garrafa antes da venda. Um vinho equilibrado e estruturado com boa potência em boca e largo final.

20181024_175444.jpg

Serviço:
Bueno Wines: www.buenowines.com.br
Representante de Vendas:
Elias Cabral (11) 96415-6584 ou eliascabral@yahoo.com.br

12 comentários em “Bueno Wines – Galvão Bueno e os Vinhos.

  1. Uma pena que não cheguei em São Paulo à tempo de participar dessa degustação!! Mas, admiro o trabalho do Galvão Bueno e gosto bastante dos vinhos produzidos pelas vinícolas dele, tanto a do Brasil como a da Itália!! Parabéns Sitta!! Abraços amigo e sucesso sempre!!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Interessante essa matéria!!!
    Esclarecedora matéria, pois gostaria muito de saber sobre esse BdM Bueno Cipresso, tenho um adegado.
    Obrigado Sitta e parabéns pela matéria juntamente com o amigo Elias Cabral!!!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Eu li ele contando a estória de como passou a gostar de vinhos. Foi cobrindo a F1 e jantando nos bons restaurantes ao redor do mundo, em companhia do Reginaldo Leme. Acho que foi numa edição da revista Adega.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s