Top 20 Vinhos – Janeiro 2019

Amigos,

Mal começou o ano e janeiro já acabou. Hora de falarmos da nossa tradicional postagem dos melhores vinhos do mês!

Para este ano, farei algumas alterações no formato! Vou retirar da postagem os vinhos que decepcionaram ao longo do mês. A explicação é simples: o objetivo do Blog é falar o máximo possível de coisas boas, então prefiro não falar das decepções.

Outra mudança será separar os vinhos de bom custo x benefício das indicações do mês. Essas indicações não tem relação com preço, são vinhos que surpreenderam ao longo do mês por diversos aspectos que justifique sua presença aqui.

E antes da lista de janeiro, vale dar uma passada na publicação dos melhores de Dezembro de 2018 e dos melhores do ano de 2018. Os links estão na sequência:

Top 20 Vinhos – Dezembro 2018
Top 15 Vinhos 2018

Top 12 melhores vinhos do mês:

1. Sassicaia 2015, Tenuta San Guido, Itália – eleito melhor vinho 2018 pela W.S., guardar.

2. Magdalena Toso 2016, Pascual Toso, Argentina – outro do gênio Paul Hobbs, guardar.

3. Cobos Malbec 2012, Vina Cobos, Argentina – abrir ou guardar.

4. Giulio Ferrari 2005, Ferrari, Itália – abrir.

5. Sassicaia 2013, Tenuta San Guido, Itália – guardar.

6. Le Carré 2011, Chateau Teyssier, França – guardar.

7. Bramare Marchiori Malbec 2010, Vina Cobos, Argentina – abrir ou guardar.

8. Chardonnay 2016, Far Niente, EUA – guardar 3 anos.

9. Albis 2010, Haras de Pirque, Chile – guardar.

10. Esporão Privet Selection 2009, Herdade do Esporão, Portugal – abrir ou guardar.

11. Luz de Luna Blend de Safras 10 – 11 – 12, Narbona, Uruguai – abrir.

12. Cotes de Provence 2013, Chateau Miraval, França – abrir.

Top 4 custo x benefício do mês:

1. Colheita Douro Branco 2013, Vallegre, Portugal – por R$ 42 na Casa Sagres, comprei 3 garrafas.

2. Valpolicella Ripasso Superiore 2005, Soraighe, Itália – por R$ 130 na Casa Sagres.

3. Enos Tannat Gran Reserva 2012, Enos, Brasil – por R$ 145 no site da vinícola.

4. Reserva Syrah 2016, Casa Ermelinda Freitas, Portugal – por R$ 75 no Kanguru.

Top 4 indicações do mês:

1. Orzada Tannat 2014, Vina Odfjell, Chile – meu primeiro Tannat chileno e agradou demais. O melhor dessa ótima linha Orzada.

2. Chateau de Selle Rosé 2016, Domaines Ott, França – um dos melhores Côtes de Provence que já provei.

3. Gran Estirpe Blend 2014, Clos de Chacras, Argentina – eu adoro tudo o que essa vinícola produz e esse blend é outro excelente vinho.

4. Tannat 2014, Aranjuez, Bolívia – uma enorme supresa, foi muito bem no nosso desafio de Tannat às cegas, mas morre rápido depois de aberto (2 horas). Vale provar (rápido rs).

E assim fechamos o primeiro mês de 2019! Espero que tenham gostado do novo formato e até breve!

16 comentários em “Top 20 Vinhos – Janeiro 2019

  1. Mais um mês de grandes vinhos, Sitta! Meu janeiro se resume a vinhos leves e na praia, nada muito especial, mas destaco o Ravanello Tannat Premium 2013, um Bramare (CS) Lujan de Cuyo 2010 e o Gilmore Hacedor de Mundos (cab franc) 2012.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s