7 Dicas para Visitar Buenos Aires

Amigos,
O Próximo Post do Blog é uma colaboração do amigo Angilberto Freitas, e traz dicas para quem vai viajar para Buenos Aires. Boa Leitura!!

7 Dicas para Visitar Buenos Aires!!

Recentemente eu estive em Buenos Aires e postei dicas sobre a cidade em um grupo de amigos do Whastapp. Alguns sugeriram que eu transformasse essas dicas em um artigo para publicar aqui no Blog. Afinal, para os amantes do vinho, Buenos Aires é um dos destinos mais convidativos que alguém pode escolher.

Sou suspeito para falar dessa cidade, pois sou apaixonado por ela e, frequento desde 2002. Me sinto à vontade para dar algumas dicas para que vocês possam aproveitar melhor o que ela tem a oferecer. Não é minha intenção ficar indicando melhores restaurantes ou passeios, pois os guias existentes o fazem muito bem. Meu intuito aqui é expor algumas experiências pessoais que podem ajudar a desfrutar um pouco melhor a cidade, principalmente para aqueles que estão visitando pela primeira vez.

OBELISCO-buenos-aires

1. Faça um pacote de dados ou compre um chip pré-pago.

Como já fazia quatro anos que não ia à Buenos Aires, eu nunca havia sentido falta de internet, pois qualquer restaurante ou estabelecimento possui Wi-Fi e é fácil se conectar. Mas com a crescente dependência que temos dos aplicativos no celular (Uber por exemplo), possuir um pacote de dados se torna essencial.

Então minha dica é fazer um pacote de dados ou, ao chegar à cidade, procurar uma operadora de telefonia móvel e comprar um cartão pré-pago. Eu fui na loja Claro do Alto Palermo Shopping (descer na estação Bulnes, Linha verde, que e na porta do shopping). Custa $10 pesos o chip e $150 pesos 2Gb por 10 dias (R$ 16,00). Foi o suficiente e caso precise mais é só recarregar.

2. Pagar os vinhos em efetivo na moeda local.

A maioria das lojas de vinhos oferecem algum desconto (pode até chegar a 20%) na compra de vinhos para pagamento em efetivo. Além disso, pagando em efetivo, não incidirá o IOF das operações em cartão.

A troca esta bastante favorável para quem leva reais. Minha dica para uma melhor taxa de câmbio é trocar na Rua Florida no câmbio paralelo. É seguro? Eu sempre troquei e nunca tive problema, mas vale tomar cuidado com notas falsas. Pode-se inclusive cotar várias casas que operam nesta região. Mas se for pouco dinheiro, troque no Banco de La Nacion mesmo.

3. Pesquisar o preço de vinhos em supermercados.

Existem alguns pequenos supermercados onde podemos comprar excelentes vinhos por 15 a 20% menos que nas lojas tradicionais. Provei vários rótulos e em nenhum percebi problemas com a qualidade dos vinhos.

Cada supermercado trabalha com algumas vinícolas, então vale a pena entrar sempre que passar em frente de algum, para ver o que possuem. Sempre aparece uma novidade. Lógico que existem muitos vinhos diferenciados que você não vai encontrar nesses supermercados, mas o que você encontra não decepciona.

4. Utilizar o sistema de ônibus e metrô.

Para quem quiser utilizar os ônibus, estes funcionam muito bem e são muito baratos, além de um ótimo meio de conhecer a cidade e estar próximo da rotina do cidadão local.

Você pode comprar um cartão pré-pago chamado SUBE (há vários pontos de venda espalhados pela cidade e também servem para o metrô) e carregar $500 pesos (R$50,00). Esse valor foi suficiente para duas pessoas por quase os 15 dias. Depois baixe no celular o aplicativo COMO LLEGO e pronto. Basta inserir localização de onde você está e para onde quer ir, que aparece a lista de ônibus (quase todos com ar condicionado) que te levam ao destino e o mapa do trajeto. Detalhe: guarde o cartão que não expira. Poderá usar em futuras viagens. O meu tem mais de cinco anos e sempre levo comigo quando retorno à cidade. Posso dizer que quase não usei Uber ou taxi, pois o conjunto ônibus e metrô funcionam muito bem.

5. Utilizar o sistema gratuito de bicicletas.

O sistema de bicicletas disponibilizado pelo governo é gratuito, e tem estações espalhadas por toda a cidade, contanto com uma rede de ciclovias absurdamente grande. Para utilizar o sistema, você deve se cadastrar no site do governo e depois dirigir-se a uma sede administrativa de alguma comuna (Buenos Aires é dividida por Comunas) levando seu passaporte. Um funcionário, irá habilitar sua inscrição e depois é só baixar o aplicativo do ECOBICI e se dirigir a uma estação.

buenos-aires-fotos-blog-1.jpeg

O aplicativo mostra todas as estações e quais possuem bicicletas disponíveis. A dica é se cadastrar já aqui no Brasil, e quando for a loja da Claro em Palermo, aproveitar para ir na sede administrativa da Comuna 14, (rua Beruti 3325 ao lado do Shopping Palermo). Passear pelos parques de Palermo não tem preço.

6. Evite se hospedar no centro da cidade.

O centro é o destino de muitos viajantes de primeira viagem mas , apesar de vários pontos turísticos, durante a noite é deserto. Minha dica é ficar em Palermo, particularmente Palermo Soho, que é o bairro mais descolado da cidade, com vários restaurantes com ótimas cartas de vinhos, lojas, arte e cultura. É um lugar charmoso que encanta qualquer um. A Recoleta também é um bairro interessante, mas é mais sofisticado e não possui o charme de Palermo.

Buenos Aires fotos blog (2).jpeg

7. Noite de vinhos em Palermo

Buenos Aires se tornou uma capital da cerveja artesanal e as cervejarias proliferaram igual coelho. Nos polos gastronômicos, há duas, três, até quatro na mesma quadra, e com preços ótimos. Diante disso, o vinho havia ficado meio de lado.

Ultimamente, tem surgido um movimento para revitalizar o consumo do vinho, e tem aparecido alguns Wine Bars bastante interessantes. Uma boa dica é visitar o La Malbequeria, em Palermo (Rua Gurruchaga 1418). É uma charmosa casa centenária que foi transformada em um aconchegante Wine Bar. Você escolhe o vinho na loja e paga preço de balcão, podendo degustá-lo no lado interno, que é climatizado, ou no lado externo ao ar livre, tornando o custo-benefício imbatível (por exemplo, Bressia Profundo por R$ 80,00). E se quiser comer alguma coisa, o estabelecimento está ligado a um delicioso restaurante, o Los de Jesus, onde você pode pedir pratos ou petiscos e ser servido no Wine Bar, sem ter que se sentar no restaurante. Dica imperdível.

 

Abaixo, dicas para visitar Mendoza

5 Dicas para Visitar Mendoza

Por Angilberto Freitas
Engenheiro, Professor e Apreciador de Vinhos

15 comentários em “7 Dicas para Visitar Buenos Aires

  1. Belas dicas! Buenos Aires é um bom destino. Muitos passeios interessantes para fazer, bons restaurantes e vinhos incríveis, claro!!! Tem um restaurante em Puerto Madero chamado Marcelo, cardápio, carta de vinhos e atendimento top. Super recomendo.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Buenos Aires sempre é um ótimo destino. Morei 4 anos lá. Sempre que me pedem dicas eu sugiro:
    La Brigada. Parrilla de um grande amigo. Atendimento fantástico e carne q derrete na boca. Peçam p o Hugo ( proprietário ) mostrar a adega q fica no subsolo. Fica em San Telmo. Sugiro ligar e reservar.
    El cuartito. Casa de empanadas de 1934. Lugar que praticamente só os locais frequentam. Excelente e barato. Peçam uma “fugazzeta de cebola” com uma jarra de vinho da casa.
    Abraços

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s