Grau de Doçura dos Espumantes (Sweetness Scale).

Nem todo amante dos vinhos conhece os graus de doçura dos espumantes, de acordo com as diferentes normas internacionais, e para complicar ainda mais, os termos em francês ou inglês designados para esse fim não expressam de forma objetiva o verdadeiro sentido dos mesmos.

English Version – Click Here

Dessa forma, resolvi escrever sobre esse tema, para tentar auxiliar a compreensão dessa escala utilizando a referência adotada pela União Européia.

Sparkling

A sensação de doçura de qualquer vinho é afetada pela interação de alguns fatores diferentes. Obviamente, a quantidade de açúcar que é naturalmente encontrada no vinho (ou adicionada) desempenha o papel mais importante, mas fatores como níveis de ácidos, álcool, bem como taninos, também são importantes e afetam essa sensação.

No processo de fabricação de alguns vinhos espumantes e champagnes ocorre adição de açúcar, chamada “dosagem”.  Trata-se de uma pequena quantidade de açúcar ou mosto de uva adicionada de volta a espumante antes de ser rolhada. Como o vinho espumante é tradicionalmente muito ácido, o propósito dessa doçura é reduzir a sensação da acidez. Você pode pensar nisso como adicionar um pouco de açúcar ao café para “completar” o sabor.

Com o tempo, os produtores de vinho espumante perceberam que a preferência de doçura das pessoas variava e, é por isso, que existem várias opções de dulçor. Eles variam de Brut Nature, que não tem adição de açúcar, até o Doux que tem 50 ou mais gramas por litro de açúcar residual.

Sweet
Fonte:https://www.which.co.uk

Nature: inferior a 3 gramas por litro. Conhecido também por  Pas dosé ou Dosage zéro, é o mais seco dos espumantes.

Extra-Brut: É um espumante extremamente seco, que tem no máximo até 6g/L de açúcar residual.

Brut: Um dos tipos de espumante mais consumidos no Brasil, que apresentam um teor de açúcar menor que 12 g/L.

Extra-dry: 12 a 17 g/L. Apesar da contradição do termo, é possível perceber um leve açúcar residual na sensação final do espumante.

Sec ou Dry: 17 a 32 g/L. Termo confuso onde claramente, percebemos uma sensação relativamente nítida de açúcar residual. 

Demi-sec: 32 a 50 g/L. É equivalente à 1 até 2 colheres de chá de açúcar por 150 ml.

Doux: superior a 50 g/L. Este grau de doçura é encontrado na maioria dos espumantes moscatéis elaborados no Brasil.

Fontes:
https://vinhosemsegredo.wordpress.com
https://vinepair.com
https://winefolly.com
https://kazzit.com

 

13 comentários em “Grau de Doçura dos Espumantes (Sweetness Scale).

  1. Obrigado por tirar muitas dúvidas! E a classificação poderia ser mais clara, não? Dry passa a ideia de algo pobre em açúcar, e entretanto tá lá com boa quantidade de açúcar residual….

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s