Almaviva – Curiosidades e Degustação Vertical na M1LL1UMM.

20190523_210108Amigos,

Estamos falando provavelmente do vinho mais icônico do Chile! E o que poderia ser mais especial do que provar este vinhaço em uma degustação vertical da primeira a oitava safra (1996 – 2003) de sua história? Graças a uma oportunidade que o Confrade Nilton Vieira, proprietário do M1LL1UMM rótulos & eventos, proporcionou ao organizar esta incrível degustação, que foi a primeira de uma série de eventos que serão apresentados pela Casa, tive o prazer de estar entre os 10 felizardos e realizar essa prova especial.

Sobre a Casa:

O M1LL1UMM rótulos & eventos é um espaço destinado aos amantes dos bons vinhos e da boa culinária.

 

A casa, localizada no piso superior do Bonnaire Mall no Morumbi, e comporta até 20 pessoas. Desta forma tem o tamanho ideal tanto para confrarias que normalmente são formadas por até 12 pessoas, como para eventos especiais como este do Almaviva. A decoração foi baseada na cidade de Segóvia na Espanha e nos remete ao ambiente de uma taberna Medieval, parece uma viagem no tempo.  O mundo dos vinhos completa a decoração, aproveitando-se garrafas, rolhas, rótulos e tudo que nos remete ao mundo de Baco, inclusive o proprietário mantém parte da adega pessoal no local.

Outro detalhe interessante é que a cozinha que pode ficar exposta para que os convidados acompanhem o trabalho do Chef, aumentando a interação com o público no evento.

Além disso, a localização dentro do Shopping oferece conforto e segurança, além de facilidade para estacionar.

Outro ponto importante é a vasta quantidade de taças e decanters disponíveis, como mostrado nas fotos acima. Isso facilita e melhora a experiência de uma degustação (principalmente as verticais), permitindo provar um grande número de vinhos lado a lado e no ponto ideal de serviço.

Em uma clara tendência de eventos menores e mais exclusivos como esse, a casa é o espaço ideal e está pronta para receber os clientes mais exigentes, tanto para uma locação com o Chef preferido ou para quem quiser ter uma noite de Chef, por ser um espaço multi-uso, com talheres, utensílios e tudo o que for necessário para um evento particular, profissional ou confraternização de empresas, desde que obedecendo os limites desse espaço intimista.

O espaço tem sido utilizado por diversas vinícolas nacionais para jantares harmonizados, realização de cursos relacionado ao Mundo dos Vinhos, bem como Workshops e Masterclass.

Degustação Vertical.

Nesta noite especial, além das oito safras de Almaviva (1996 – 2003), provamos alguns outros vinhos e espumantes que engrandeceram o evento: um champagne Don Perignon 2006, um Belondrade y Lurton 2016 e um espetacular Chateau D’Yquem 1996 (uma das grandes estrelas da noite ao lado das melhores safras do Almaviva), além de um espumante Chandon Rosé como Welcome Drink.

 

A tabela com a composição das primeiras 20 safras está a seguir e para saber um pouco mais sobre o Almaviva, tem um Post no Blog (basta clicar no link a seguir): 20 Safras do Almaviva.

Almaviva

No primeiro flight, foram servidas as safras 1996 a 1999. Com composição muito próxima os vinhos também estavam igualmente excelentes, com pouca variação entre eles.

Almaviva 1996: a primeira de todas as safras, mesmo quase 25 anos ainda em perfeitas condições com aromas secundários e terciários, boa acidez e final com notas de couro e tabaco. Nota 4,7 estrelas.

Almaviva 1997: assim como a safra anterior muito bem conservado e com boa acidez e taninos presentes. Nota 4,7 estrelas.

 

Almaviva 1998: também agradou bastante, com aromas de couro, café e alcaçuz. Em boca muito estruturado com largo final. Nota 4,6 estrelas.

Almaviva 1999: apesar de pouca diferença, o melhor do primeiro flight. Em ótimo ponto de evolução e marcante em boca. Nota 4,8 estrelas.

No segundo flight, foram servidas as safras 2000 a 2003. Apesar de todos os vinhos estarem excelentes, notamos uma maior diferença entre as safras, com as safras pares entre as melhores da noite e as impares um pouco abaixo.

Almaviva 2000: foi a primeira safra de Almaviva produzido com apenas 2 uvas (Cabernet Sauvignon e Carmenere). Um dos melhores da noite e no auge. Nota 4,9 estrelas.

Almaviva 2001: uma das safras que esteve abaixo das demais. Com certeza isso não teria sido notado se não fosse uma degustação vertical. Mesmo assim um vinho fora da curva. Nota 4,4 estrelas.

 

Almaviva 2002: o melhor da noite e outro que está no auge. Complexo, elegante, potente com final longo e aveludado. Nota 5,0 estrelas.

Almaviva 2003: outra safra um pouco abaixo das demais. Começou fechado e quando abriu mostrou uma fruta não tão integrada com a madeira e um certo mentolado excessivo, mas volto a ressaltar que a degustação vertical que permite notar esses aspectos. Nota 4,3 estrelas.

IMG-20190523-WA0114

Em breve, novos eventos aqui no Blog! nos acompanhem pelas redes sociais e até logo!

Serviço:
Para fazer parte desse mundo, é preciso visitar o Instagram da @m1ll1umm, onde vocês poderão seguir e acompanhar os projetos e eventos realizados e as novidades que virão.
E siga-nos no Instagram pelo @vaocubo
Anúncios

13 comentários em “Almaviva – Curiosidades e Degustação Vertical na M1LL1UMM.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s