A Maior Vertical de Sassicaia da História.

Amigos,
Com certeza você ouviu falar da degustação vertical das 47 safras do Ícone Italiano Sassicaia. O evento, que chamou muita atenção pelo preço, foi amplamente divulgado e comentado nas redes sociais e grupos de Whatsapp.
Apesar do valor, fora dos padrões normais de uma degustação, não há como negar que este foi um dos maiores eventos de vinho no mundo. E o Blog contou com um de seus colaboradores para relatar essa incrível experiência!

O Evento:

A maior vertical de Sassicaia do mundo (até então), com todas as 47 safras já lançadas, foi arquitetada por Flavio Souza, da loja Wines Life, de Brasília e aconteceu no restaurante Cipriani, do Belmond Copacabana Palace, no RJ.

IMG-20191002-WA0022

A apresentação do evento ficou a cargo do jornalista Marcelo Copello, e apenas 6 pessoas (fora o staff) participaram da vertical completa que foi dividida em 2 dias:

  • No dia 09 de agosto, degustamos as safras pares divididas em 2 etapas (no almoço,  de 1994 a 2016 e no jantar de 1968 a 1992).
  • No dia seguinte, degustamos as safras ímpares (no almoço de 1995 a 2015 e no jantar de 1971 a 1993).

Todos os vinhos foram servidos sem decantação e sem prova prévia.

A vertical completa custou a bagatela de R$ 30.000,00 por pessoa, com hospedagem de dois dias incluída, bem como os pratos servidos nas 4 etapas da degustação e traslado entre hotel e aeroporto.

A Maior Vertical de Opus One do Mundo

As Etapas:

Como welcome drink, foi servido em todas as 4 etapas o espumante Maria Valduga 2012.

Para abrir o primeiro flight foi escolhido o Champanhe Krug Vintage 1996, que estava espetacular e harmonizou muito bem com o amuse bouche. Todos tintos desse flight estavam muito jovens, porém, facilmente bebíveis. Apresentaram aromas de frutas vermelhas e o característico giz, álcool mais alto que nas safras antigas, com taninos médios(+), finíssimos e final longo. Destaque para as safras 2016 (100RP), 2012, 2006, 2004 e 1998. Terminamos a etapa com o magistral Chateau d’Yquem 2001 (100RP).

No jantar, iniciamos com Champanhe Dom Pèrignon P2 1998 e seguimos com os tintos. Destaque para as safras 1976 e a primeira a ser comercializada, a encantadora 1968. A garrafa do 1974 estava oxidada. Fechamos o flight com Quinta do Noval vintage 1997 (100 RP) que dispensa comentários, apesar de jovem.

No dia seguinte, iniciamos com Champanhe Cristal 1990 e seguimos com os tintos. Na minha opinião, esse foi o melhor flight, com destaque para as safras 2009, 2007, 2005, 2003, 1999, 1997 e 1995. Aqui os taninos já estavam mais polimerizados e o vinho mais harmônico. Fechamos com o Vinho do Porto Centenário Manoel de Oliveira.

O último jantar iniciou-se com o Champanhe Salon 2002 e seguiu com os tintos. Aqui encontramos alguns vinhos prontos, mas ainda com taninos pronunciados, porém sempre de excelente qualidade. Destaque para as safras 1993, 1991, 1989 (a minha preferida de toda a vertical) e a mítica 1985, que é uma das safras mais caras, pois foi a primeira a ter 100 pontos RP e que justifica por ser uma safra fora da curva, com maior extração e potência, mas que na minha opinião ainda estava jovem. A safra 1971 apresentou oxidação. Fechamos o evento com o Jerez PX 1946 da Toro Alballa (100 RP).

História:

Em 1920, o Marquês Mario Incisa della Rocchetta pensou em produzir um vinho ao estilo Bordeaux, já que o solo de Bolgheri se assemelhava ao encontrado na região de Graves, na França.

Em 1944, plantou as vinhas e a partir de 1948 começou a fazer testes, mas o vinho não foi bem recebido pela crítica, por ser considerado “pesado”. Por isso foi consumido apenas localmente, pela família e amigos. Mais tarde o Marquês provou as safras antigas que havia guardado e notou que o vinho melhorou muito com a guarda. Foi então, em 1968, que produziu a primeira safra para o comércio, lançada ao mercado no ano de 1970.

Curiosidades:

– Conhecido com o pai dos Supertoscanos, o vinho Sassicaia quebrou um paradigma ao usar principalmente a uva Cabernet Sauvignon na terra até então dominada por Sangiovese e Nebbiolo, que são ícones da Toscana e Piemonte.

– A palavra “sassi” significa pedra e o nome Sassicaia é uma alusão ao solo pedregoso de Bolgheri, onde está localizada a Tenuta San Guido, produtora deste que tornou-se o vinho mais famoso da Itália.

– Apenas as safras 1969 e 1973 não foram produzidas.

Para saber mais sobre este fantástico vinho, basta clicar no link a seguir: Sassicaia – Curiosidades e Degustação Vertical

Por Daniel Dalzochio
DJ e Winelover
Serviço:
Site:
https://wineslife.com.br/
https://loja.wineslife.com.br/
Instagram:@wineslife_
Anúncios

14 comentários em “A Maior Vertical de Sassicaia da História.

    1. Antônio, como citei, 6 pessoas participaram de todas as 4 etapas, algumas participaram só de um almoço ou jantar, as demais eram staff e logicamente não pagaram. Staff = Marcelo Copello (que apresentou a degustação), Otávio Mesquita (que gravou e transmitiu de graça no SBT – azar de quem paga pra anunciar no SBT?), o Flávio (dono da degustação), o sogro do Flávio, o Fernando (que trabalha para o Flávio e organizou o evento), etc.
      Mas existem várias maneiras de avaliar se valia a pena ou não. Alguns fizeram a conta de quantos mls iriam tomar e ficaram em casa, outros sabiam que seria uma experiência única e levaram de brinde um network de alto nível. Quem não foi convidado tinha duas opções: pagar e viver a experiência ou lamentar.

      Curtido por 1 pessoa

      1. Exato Daniel. Para esse evento, não conta o valor pago, isso é um detalhe. O Que conta é a experiência, única. Parabéns por ter ido, e por nos contar como foi!

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s