6 Vinhos Espanhóis Robert Parker 95 ou Mais

Amigos.

Realizamos no dia 17/10 mais um evento do Blog com o tema: vinhos da Espanha com mais de 95 pontos de Robert Parker, e o resultado foi excelente!

A ideia do tema surgiu de uma pesquisa que eu fiz em uma loja de vinhos raros na Europa, e a aposta deu certo. Ainda pudemos fazer uma pequena comparação entre os vinhos de Rioja e Ribera del Duero.

Mas antes de tudo, vamos descrever aqui no Blog, novamente, quais os critérios de avaliação de Robert Parker, um dos Órgãos Avaliadores mais respeitado do mundo.

Sistema de Pontuação Robert Parker.

Parker criou um sistema que separa os vinhos em seis grupos, que comportam notas de 50 a 100:

  • 96 a 100: vinho extraordinário;
  • 90 a 95: notável;
  • 80 a 89: acima da média a excelente;
  • 70 a 79: mediano;
  • 60 a 69: abaixo da média;
  • 50 a 59: terrível.

Todos os vinhos começam a ser pontuados com 50 pontos, e a nota aumenta gradualmente com base em alguns fatores:

  • a cor e a aparência como um todo atribuem até 5 pontos;
  • o aroma ou buquê valem até 15 pontos;
  • o sabor e o retrogosto da bebida valem até 20 pontos;
  • a qualidade geral e potencial para envelhecer bem somam até 10 pontos.

Argentine Wines and Winemakers with 100 Points by Robert Parker.

Argentina e os 100 Pontos Robert Parker

A Degustação

Escolhi dois vinhos, em diferentes safras, para este evento: representando Rioja, o Carmen Gran Reserva 2008 e 2009 da Bodega Contador (Benjamin Romeo) e representando Ribera del Duero, o Malleolus de Sanchomartin da Bodega Emilio Moro. Além disso, um Cava, um branco e um Porto completaram a degustação da noite.

20191017_232702

Os vinhos foram servidos em pares. Inicialmente os dois vinhos da safra 2008, na sequência os dois vinhos da safras 2009 e por fim os Malleolus 2006 e 2007. Na eleição dos melhores, pelos presentes no evento, o resultado foi o seguintes: Malleolus 2006 em primeiro, Carmen 2009 em segundo e Malleolus 2008 em terceiro.

Minha avaliação está a seguir:

Malleolus de Sanchomartin 2006 (RP97): produzido com uvas 100% Tinto Fino (Tempranillo) e com passagem de 22 meses em carvalho francês foi eleito o campeão da noite. Aromas de frutas vermelhas, caramelo, tabaco e chocolate. Em boca é macio e equilibrado com notas de toffee e cedro. Final longo e aveludado. Minha nota: 4,9 estrelas.

Malleolus de Sanchomartin 2007 (RP96): também produzido com uvas 100% Tinto Fino (Tempranillo) e com passagem de 22 meses em carvalho francês. Aromas de frutas vermelhas, caramelo e alcaçuz. Em boca é um pouco mais austero que o 2006, com taninos firmes e notas de café. Final longo e potente. Minha nota: 4,5 estrelas.

Malleolus de Sanchomartin 2008 (RP97): produzido com uvas 100% Tinto Fino (Tempranillo) e com passagem de 22 meses em carvalho francês, ficou em terceiro no geral (quarto na minha opinião). Aromas de frutas vermelhas, pimenta negra, chocolate e baunilha. Em boca é firme e encorpado, com taninos firmes e notas de baunilha e cereja madura. Final longo e potente. Minha nota: 4,6 estrelas.

Malleolus de Sanchomartin 2009 (RP98): a safra com maior pontuação de Robert Parker e produzido com uvas 100% Tinto Fino (Tempranillo) e passagem de 22 meses em carvalho francês, na minha opinião foi o segundo melhor da noite. Aromas de frutas vermelhas, cassis, chocolate e caramelo. Em boca é elegante e balanceado, com taninos macios e notas de baunilha e café. Final longo e aveludado. Minha nota: 4,7 estrelas.

 

Carmen Gran Reserva 2008 (RP95): corte de 90% Tempranillo, 5% Garnacha, 3% Graciano e 2% Mazuelo com envelhecimento de 24 meses em carvalho francês de segundo e terceiro uso e 36 meses em garrafa. Aromas de cedro, cacau, couro e cassis. Em boca é encorpado com taninos firmes e largo final. Minha nota: 4,4 estrelas.

Carmen Gran Reserva 2009 (RP96): corte de 82% Tempranillo, 10% Garnacha, 4% Graciano, 4% Mazuelo, com envelhecimento de 24 meses em carvalho francês de segundo e terceiro uso e 36 meses em garrafa ficou em segundo no geral (terceiro na minha opinião). Aromas de frutas vermelhas, cassis, baunilha e coco queimado. Em boca é elegante e balanceado, com taninos macios e notas de chocolate e cravo. Final longo e aveludado. Minha nota: 4,6 estrelas.

 

Não deixem de participar dos próximos eventos do Blog, mantenham-se informados pelo nosso Instagram @vaocubo.

Anúncios

6 comentários em “6 Vinhos Espanhóis Robert Parker 95 ou Mais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s