Vinos de La Luz: Vinhos que Iluminam e Inspiram.

Por Jackie Javkin

O que é Vinos de La Luz?

Vinos de La Luz é uma empresa familiar, com vinhedos localizados em algumas das principais regiões vinícolas do mundo: Valle de Uco (Argentina), Ribera del Duero (Espanha) e Montalcino (Itália).

Seu braço Argentino, a Callejón del Crimen, está localizada no coração do vale de Uco, com vinhedos próprios que têm mais de 60 anos de história produzindo uvas de alta qualidade.

Calejon1

Sob o ponto de vista tecnológico, a bodega possui a mais moderna tecnologia em diferentes processos primários e há uma grande diversidade de barricas francesas de diferentes cubagem e tamanho. Para o segmento ícono e ultra-premium são utilizados barris de 160 litros, para a linha gran reserva de 225 litros e cubas de 500 litros em alguns varietais específicos, o que permite obter diferentes detalhes do terroir.

Com o Programa Recorriendo Sabores, conhecemos a bodega, onde fomos recebidos pelo diretor de enologia Pablo Navarrete e pelo enólogo Leandro Velázquez da Callejón del Crimen – Vinos de Luz. Tivemos a oportunidade de visitar os vinhedos, a vinícola e provar as novidades de 2020.

Em relação as características desses vinhedos, o enólogo Pablo Navarrete nos detalhou: “As uvas são de qualidade e concentração excepcional. Isso nos permite obter vinhos de grande concentração e expressão. Quando digo expressão, falo da identidade desses terroirs, especificamente nos diferentes microterros de Altamira, Gualtallary, El Cepillo e Vista Flores, encontrados em Valle de Uco (Mendoza, Argentina), onde a altitude, o solo e a condição climática conferem essas características a cada um desses terroirs desempenhando um papel determinante, que mais tarde se reflete nos vinhos ”.

Calejon7

São vinhos que honram a história do “Callejón”, uma história de amor que aconteceu nos anos 60 no Vale do Uco, um amor (que como Montescos e Capuletos) foi determinado pela inimizade de duas famílias na região. Esta história de amor e paixão teve como único espectador a coruja branca (pássaro Mendocino) que vigia as vinhas do ar, sendo a observadora e narradora do que aconteceu naquela noite, e é o logotipo que é exibido nos diferentes rótulos das linhas Gran Callejón, Gran Reserva e Reserva da vinícola.

Na sequência, detalharemos o portfólio atual de vinhos Callejón del Crimen:

A linha Reserva expressa frescura e complexidade. São vinhos equilibrados que apresentam cores intensas, com taninos suaves e final longo.

Callejón del Crimen Sangiovese Rosé 2019: é um vinho de Vista Flores (Uco Valley, Mendoza, Argentina) de vinhedos de 1100 m de altitude, com solo arenoso e sedimentos vulcânicos. É um vinho jovem e fresco, com uma cor suave de cereja. Aromas de frutas vermelhas e notas florais. Pode ser bebido como aperitivo, ideal para qualquer tipo de salada fresca ou com alguns frutos do mar ou paella. O potencial de guarda é de aproximadamente 3 anos.

Calejon8

– Callejón del Crimen Chardonnay 2019: é um vinho de Gualtallary (Valle de Uco, Mendoza, Argentina) de vinhedos de 1.400 m de altitude, com solos calcários, sedimentos aluviais e uma grande porcentagem de seixos. É um vinho com nuances douradas e no nariz é frutado e cítrico. Você pode notar aromas de mel e baunilha. É um vinho fresco por sua acidez, equilibrado e com um acabamento untuoso. Recomenda-se para acompanhar carnes brancas, massas com molhos leves, saladas frescas, frutos do mar de todos os tipos, sushi, uma variedade de queijos macios ou semi-duros. O potencial de guarda é de aproximadamente 3 anos.

Calejon9
Callejón del Crimen Reserva Cabernet Franc 2019: é um vinho de Vista Flores, localizado a 1.150 metros acima do nível do mar, onde os solos arenosos garantem delicadeza e personalidade. É tudo o que você esperaria da icônica linhagem Saint-Emilion, Bordeaux (França). Possui cor vermelha intensa, com reflexos violeta, notas de pimenta, ameixa e taninos suaves. É um vinho verdadeiramente elegante. Ideal para acompanhar queijos maduros, massas recheadas, paella com frutos do mar e carne vermelha. O potencial de guarda é de aproximadamente 8 anos.

Calejon10
– Callejón del Crimen Reserva Cabernet Sauvignon 2019: é um vinho de Vista Flores. Possui aromas de frutas vermelhas, pimenta branca e notas de tabaco. É delicado e complexo, com boa estrutura e taninos bem integrados. É equilibrado e tem um final persistente. A harmonização recomendada é com carnes vermelhas bem temperadas, massas com molho (por exemplo, pesto, lula, bolonhesa), também com carne de caça ou queijo duro. O potencial de guarda é de aproximadamente 8 anos.

Calejon11

– Callejón del Crimen Reserva Malbec 2019: é um vinho de Vista Flores (Mendoza, Argentina). Cor rubi profundo com tons violeta. No nariz, você pode notar frutas vermelhas, ameixas, amora, pimenta preta e chocolate. É complexo e de grande personalidade, possui boa estrutura, taninos macios e maduros. Equilibrado e persistente, onde aparecem notas tostadas e esfumaçadas. Pode ser acompanhado com carnes grelhadas, massas recheadas com molhos vermelhos, cogumelos ou quatro queijos. O potencial de guarda é de aproximadamente 8 anos.

Calejon12.jpeg

A linha Perlas de Parcelas é produzida em lotes limitados de 2.000 a 3.000 garrafas por ano, quando as condições do ano dão origem a vinhos de excelente qualidade, cujas variedades podem variar a cada safra.

– Callejón del Crimen Perlas de Parcela Chardonnay 2019: é um vinho de Gualtallary (Uco Valley, Mendoza, Argentina) com vinhedos de 1.400 metros acima do nível do mar, solos calcários, com sedimentos aluviais e uma grande porcentagem de seixos. Provém de uma pequena parcela, que se destaca pelas características do solo. Estagiou durante 12 meses em carvalho francês. Além disso, tem um envelhecimento de seis meses em tanque sobre as borras. Apresenta frutas brancas e nuances florais no nariz, textura untuosa na boca e notas de mel. Pode ser bebido como aperitivo, acompanhado de frutos do mar, sushi, polvo grelhado, queijos semiduros e duros e massas leves. O potencial de guarda é de aproximadamente 5 anos.

Calejon13
– Callejón del Crimen Perlas de Parcela Semillón 2019: é um vinho de La Finca la Luz, El Cepillo (Vale de Uco, Mendoza, Argentina) de vinhedos a 1.200 metros acima do nível do mar. Proveniente de uma pequena parcela (Parcela 20 A), de uma antiga vinha em condução parral. Estagiou durante 12 meses em carvalho francês e é envelhecido por seis meses em um tanque com borras. O resultado é um vinho com muito boa acidez, corpo leve, fresco e aromático. Pode ser bebido sozinho, com queijos frescos de casca macia, saladas leves e peixe não gorduroso. O potencial de guarda é de aproximadamente 5 anos.

A linha Gran Reserva Callejón del Crimen tem uma identidade de vinhos com maior expressão e de grande concentração. Eles chamam de uma linha marcada pelo terroir, já que são as melhores uvas de cada vinhedo.

– Callejón del Crimen Gran Reserva Cabernet Sauvignon 2017: é um vinho de Vista Flores (Uco Valley, Mendoza, Argentina) de vinhedos com 1150 metros acima do nível do mar, de solo arenoso, com sedimentos vulcânicos. A vinificação é feita com leveduras selecionadas. Fermentação alcoólica sob rigoroso controle de temperatura por 20 dias. Fermentação malolática natural durante a maturação em barricas de carvalho francês por 12 meses. É de cor rubi, observa-se intenso e de grande densidade. Frutas vermelhas maduras, cerejas, groselha e hortelã. Notas de tabaco e chocolate. É estruturado e equilibrado, com uma alta concentração de frutas como amora. O final é aveludado e longo, taninos elegantes e redondos. Recomenda-se acompanhar com carne de caça vermelha, macarrão com molho de tomate, queijos duros. O potencial de guarda é de aproximadamente 8 anos.

Calejon16
– Callejón del Crimen Gran Reserva Sangiovese 2017: é um vinho de Vista Flores (Uco Valley, Mendoza, Argentina). Tem uma cor rubi intensa, com tons de violeta. Grande presença de frutas vermelhas, ameixa e cereja. Notas sutis de chocolate e baunilha. É complexo, fresco, com aromas frutados. Taninos macios e intensos. Equilibrado, untuoso e com um final longo. Recomenda-se harmonizar com peixe gordo ou massa recheada. O potencial de guarda é de aproximadamente 8 anos.

Calejon17

– Callejón del Crimen Gran Reserva Petit Verdot 2017: é um vinho de Vista Flores (Uco Valley, Mendoza, Argentina). Tem cor vermelho escuro, no nariz apresenta frutas negras, mirtilos, cerejas e um toque mineral. Presença de chocolate. Na boca é complexo, altamente untuoso, picante e com final longo. Recomenda-se acompanhar carnes vermelhas grelhadas, massas recheadas com salmão ou carne de veado. O potencial de guarda é de aproximadamente 8 anos.

Calejon18

– Callejón del Crimen Gran Reserva Ancellotta 2017: é um vinho de Vista Flores (Uco Valley, Mendoza, Argentina). Estagiou durante 12 meses em barricas de carvalho europeu e americano. Cor vermelho escuro, com tons violeta. Nos aromas se destacam  frutas vermelhas maduras com notas de menta e algumas notas de chocolate aportadas pelo carvalho. Na boca, destaca-se as ameixas maduras. Apresenta uma excelente acidez, com notas de passas, taninos doces e redondos. Um vinho que irá te surpreender. Recomenda-se acompanhar com carnes vermelhas, ensopados, paellas e peixes gordurosos. O potencial de guarda é de aproximadamente 8 anos.

Calejon19

– Callejón del Crimen Gran Reserva Malbec 2017: é um vinho de Vista Flores (Uco Valley, Mendoza, Argentina). Cor rubi profundo com nuances violetas e azuladas. Pode-se ver que é intenso e de grande densidade. No nariz, são frutas vermelhas maduras, geléia de ameixa e notas herbáceas. Em boca, notas sutis de café, chocolate e baunilha. É complexo, com boa estrutura. Aroma mineral, taninos macios e maduros. Equilibrado, cremoso e com um final persistente. Recomenda-se acompanhar carnes vermelhas, veados, cordeiros e queijos duros. O potencial de guarda é de aproximadamente 8 anos.

Celejon20

– Gran Callejón del Crimen Winemarker Selection:  é um blend que expressa o melhor dos terroirs de Altamira, Gualtallarry e Vista Flores. Os solos aluviais, ricos em cinzas vulcânicas, fornecem as uvas perfeitas. Sanidade e equilíbrio, a cada ano eles fazem a melhor corte dos vinhedos, sempre com um vinho diferenciado, colheita após colheita. Nessa safra, o corte é 85% Malbec, 10% Petit Verdot e 5% Merlot com estágio de 12 meses em barricas de carvalho francês de 160 litros e estiba em garrafa de mais 12 meses.
Cor violeta profunda e um brilho que chama a atenção de todos. Apresenta lágrimas marcadas, no nariz você pode perceber notas de ameixas pretas maduras e notas minerais picantes. Na boca, é elegante e muito expressivo. Taninos sedosos e aveludados que envolvem a boca. Recomenda-se decantar 30 minutos antes de servir ou abrir o vinho 40 minutos antes para oxigenar. Pode ser acompanhado com carnes assadas, carnes de caça, embutidos e queijos duros. O potencial de guarda é de aproximadamente 10 anos.

Calejon21

Iluminado Vinos de La Luz Malbec 2015: O renomado concurso World Wine Awards 2019 da revista inglesa Decanter concedeu 97 pontos ao Iluminado Malbec 2015, o ícone de Vinos de la Luz, indicado também como um dos 50 melhores vinhos do mundo, sendo o único argentino da cobiçada lista.

Calejon22

É um vinho nascido em Paraje Altamira, Vale de Uco, província de Mendoza, do grupo Vinos de La Luz. Foi reconhecido como o melhor vinho argentino e um dos 50 melhores do mundo. Como dados de cores, o concurso premiou o título Best in Show, medalha de platina, uma distinção alcançada apenas por 50 vinhos entre mais de 17.000 amostras de 57 países.

O Iluminado Vinos de La Luz é um vinho 100% Malbec, originário de vinhedos históricos da região de Altamira, no Vale do Uco (Mendoza, Argentina), foram produzidas 3.500 garrafas numeradas. A altitude e a proximidade do sol dessas vinhas são algumas das características que tornam este vinho um dos melhores do mundo.

Sem dúvida, Vinos de la Luz são vinhos excepcionais que nunca deixam de surpreender.
Aproveite saúde!

Calejon23
Créditos da imagem: @gisellejav
Serviço:
Endereço da vinícola: Armani, s/n Villa Seca – Tunuyan, Valle de Uco (5563) Mendoza.
E-mail: info@vinosdelaluz.com
E-mail do setor de exportações: rmas@vinosdelaluz.com
Site: https://www.vinosdelaluz.com/
Por Jackie Javkin
– Productora & Prensa Gastronómica.
– Conductora & Productora de Contenidos del Programa radial Recorriendo Sabores (Martes de 20 a 21hs por FM 89.7 Radio Porteña o sino bajando la app desde cualquier dispositivo desde Bs.As. al mundo).
– Organizadora de las Ediciones de la Wine Fest en Bs.As. – Argentina. (Festival de Vinos, Destilados & Gastronomía).
– Consultoría en Marketing & Comunicación.
– Asesoramiento & Diseño de Cartas a Restaurantes, Bares & Vinotecas.;
– Periodista Free Lance. 7 años Comunicando.
– Socia de la Asociación Argentina de Sommeliers.

36 comentários em “Vinos de La Luz: Vinhos que Iluminam e Inspiram.

  1. Excelente Nota Jackie! Amo los vinos de Callejón del Crimen, mi preferido el Gran Callejón del Crimen, me vuela la cabeza ese Blend siempre. Espectaculares postales de la bodega.
    Muy buen sitio Rodigo.
    Cheers!!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Que privilegio entrevistar desde las bodegas Jackie.
    Maravilloso sitio Rodrigo, dan gusto leer notas del mundo de la vitivinicultura.
    Dónde se venden los vinos de Callejón del crimen en Río de Janeiro?

    Curtido por 1 pessoa

  3. Muito bom site do Rodrigo. Descobri a nota de Jackie graças ao Instagram. Eu quero experimentar esses vinhos. Quando a quarentena for levantada, visite a vinícola. Irmãos argentinos de saúde. Sebastian Kung de San Pablo.

    Curtido por 1 pessoa

  4. No conocía la historia de Callejón del Crimen. Muy buen artículo Jackie. Agende está bodega para visitar cuando pase el covid-19.
    Un fuerte abrazo a toda la comunidad vitivinicola en este momento difícil.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Conozco la bodega. Gran trabajo el que hace el grupo Vinos de la luz.
    Saludos desde Florencia-Italia a toda la comunidad y esperemos pronto pasar este mal momento del covid-19.

    Curtir

  6. Grandioso artículo Jackie!!! Ya quiero tomarme un iluminado 🍷
    Espero ansioso que pase todo esto, para viajar a Mendoza. Me perdí la vendimia este año.
    Gran espacio Rodrigo Sitta

    Curtido por 1 pessoa

    1. Probé la nueva línea de Parcelas y son excelentes!
      Muy buen artículo Jackie Javkin, gran difusión de la vitivinicultura Argentina y sus diferentes terruños.
      Un gran abrazo a toda la comunidad vitivinicola en este momento tan particular.

      Curtir

  7. Siempre con tan lindos artículos Jackie. Que maravilla Argentina. Ya tengo agendado Trevelin y está bodega sin duda está en mi recorrido por Mendoza.
    Gracias Jackie por este gran artículo y tú pasión por comunicar.
    Rodrigo Sitta, siempre con grandes notas de las diferentes regiones vitivinicolas.
    Un cariño, desde Punta -Uruguay.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Me encantan los vinos de callejón, son una bomba. Muy buenos descriptores Jackie, me quiero tomar ya un vinazo! Mañana voy a brindar con un gran callejón!
      Saludos a td@s!!

      Curtido por 1 pessoa

  8. Maravilloso Nota Jackie Javkin. Que orgullo que nos representes a los Argentinos en este sitio.
    Un fuerte abrazo a toda la comunidad vitivinicola en este momento tan dificil.

    Curtido por 1 pessoa

  9. Es maravillosa la nota de Jackie. Un saludo especial a toda la comunidad vitinicola argentina, que se encuentra haciendo un gran esfuerzo en este momento, por más vino Argentino!!

    Curtido por 1 pessoa

  10. Grande artigo. Despertou interesse em todos os vinhos deles. Sensacionais e de uma expressão muito marcante. Parabéns Jackie Javkin pelo artigo, e ao Sitta por essa belíssima parceria. Abraços. Saúde.

    Curtir

  11. Excellent friend note Jackie!! Very good viticulture diffusion site. Thank you Jackie, for sharing your experiences and providing us with knowledge about Argentine wines.

    Curtido por 1 pessoa

  12. Maravilloso articulo de Jackie, que deleite los vinos de Callejón.
    Meritorio los premios por el gran trabajo que realizan. Un saludo fuerte en este momento tan especial para toda la comunidad vitivinicultora, por el gran esfuerzo que están realizando para producir y terminar la vendimia 2020 en Argentina.
    Un abrazo, desde Buenos Aires.
    Ezequiel N. Kuczynovky

    Curtido por 1 pessoa

  13. A matéria foi complementada ontem com o evento VaoCubo dedicado à bodega, com a participação entusiástica de Pablo Navarrete e da própria periodista Jackie. Parabéns a todos!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s