Produção Mundial de Vinhos x Consumo Global em 2019

Falando da sede da OIV em Paris, por conferência na web, o diretor-gerente Pau Roca apresentou, em 23 de abril, a produção global de vinho, o consumo e o comércio internacional em 2019.

OIV

Produção e Consumo Mundial.

A produção mundial de vinho, excluindo sucos e mostos, em 2019 é estimada em 260 milhões de hectolitros. Isso representa uma queda acentuada em comparação com a produção historicamente alta de 2018, quando a produção atingiu 292,3 milhões de hectolitros.

OIV6

Um hectolitro representa 100 litros ou o equivalente a pouco mais de 133 garrafas padrão de 750 ml. Transformando em garrafas, a produção mundial de vinho foi de aproximadamente 34,5 bilhões de garrafas.

Produção Mundial de Vinhos x Consumo Global em 2018

Na União Européia, Itália (47,5 mhl), França (42,1 mhl) e Espanha (33,5 mhl), que juntas representam 48% da produção mundial de vinho em 2019, tiveram uma queda acentuada em sua produção de vinho em relação a 2018. Ainda na UE, outros países que registraram uma queda na produção em relação a 2018 são Alemanha (9,0 mhl, -12%), Romênia (5,0 mhl, -4%), Áustria (2,5 mhl, -10%), Hungria (2,4 mhl, -34 %) e Grécia (1,9 mhl, -8%). O único país da UE que, em 2019, viu um aumento na sua produção de vinho é Portugal com 6,7 mhl (+ 10% / 2018).

Na América do Norte, a produção de vinho nos EUA é estimada em 24,3 mhl, uma queda de 2% em relação a 2018. Na América do Sul, a tendência geral para a produção de vinho em 2019 é negativa em relação a 2018. No entanto, enquanto na Argentina (13,0 mhl) e no Chile (12,0 mhl), as produções vinificadas em 2019 são mais baixas em relação a 2018 mas alinhadas ou mesmo acima de suas médias de cinco anos, o Brasil (2,0 mhl) registrou uma queda acentuada em sua produção de vinho em 2019 de mais de 1 mhl (-34% / 2018).

OIV7

Já em relação ao consumo mundial de vinho, após ligeiro declínio registrado em 2018 comparado a 2017, o consumo mundial de vinho em 2019 é estimado em 244 milhões de hectolitros e teve um pequeno aumento em relação a 2018 (0,1%). No entanto, deve-se notar que, dada a margem de erro no rastreamento do consumo global de vinho, esse número deve ser considerado com cautela (vale ressaltar que a OIV revisou o número de consumo de 2018 de 246 milhões de hectolitros para aproximados 244 milhões de hectolitros).

OIV8

Em 2019, a União Européia, responsável por 53% do consumo mundial de vinhos, atingiu um volume estimado de vinho de cerca de 128 mhl, um número alinhado com os últimos anos. Este é o resultado do contrapeso entre países com tendências opostas como a China por exemplo.

Os EUA confirmam sua posição como a maior país consumidor de vinho do mundo também em 2019, atingindo um recorde de 33,0 mhl. De acordo com esta estimativa, a demanda interna aumentou (+ 1,8% / 2018), embora em menor grau que no ano anterior quando a taxa de crescimento do ano foi de quase + 3%.

Na América do Sul, o consumo geral de vinho aumentou em 2019 comparado a 2018, com a Argentina em 8,5 mhl (+ 1,3%), Brasil com 3,3 mhl (+ 0,5%) e Chile com 2,4 mhl (+ 4,6%).

OIV9

Principais Importadores e Exportadores.

Em 2019, o mercado mundial de exportação de vinhos, considerado aqui a soma das exportações de todos os países, expandiu-se em relação a 2018, tanto em volume, estimado em 105,8 mhl (+ 1,7%), quanto em valor, com 31,8 bilhões de euros (+ 0,9%).

A França ainda foi o exportador mundial mais importante em termos de valor, com 9,8 bilhões de EUR exportados em 2019. Houve um aumento no valor das exportações em muitos grandes países exportadores como França (+425 milhões de EUR), Itália (+211 milhões de EUR) e Nova Zelândia (+84 milhões de EUR). As maiores quedas ocorreram na Espanha (-234 milhões de euros) e na África do Sul (-73 milhões de euros).

Em termos de volume, o comércio internacional de vinhos foi dominado principalmente por três países europeus: Itália, Espanha e França, que exportaram juntos 57,1 mhl, representando 54% do mercado mundial.

OIV10

Os três principais importadores em termos de volume foram Alemanha, Reino Unido e EUA, que juntos importaram 40,4 mhl, atingindo 38% do total mundial. Esses três países representam 39% do valor total das importações mundiais de vinho, atingindo 11,9 bilhões de euros.

OIV11

Produção e Consumo no Brasil.

O Brasil registrou uma acentuada queda na sua produção de vinho, de aproximados -34%, caindo para 2,0 milhão de hectolitros em 2019 contra 3,1 milhões de hectolitros em 2018. O país ocupa a 18ª posição no ranking dos maiores produtores do mundo (15ª em 2018), segundo dados da OIV.

Em relação ao consumo de vinhos o Brasil aparece apenas em 17º lugar no volume absoluto consumido no pais com 3,3 milhões de hectolitros, número que permanece estável desde 2015.

Fontes: OIV

2 comentários em “Produção Mundial de Vinhos x Consumo Global em 2019

Deixe uma resposta para Rodrigo A. Sitta Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s