Finca Beth – Vinhos que Expressam o Melhor de Paraje Altamira

Por Jackie Javkin

Finca Beth é um projeto que emociona pelo trabalho por trás de cada garrafa de vinho.

Está localizado no coração de Paraje Altamira, com 60 hectares, divididos em 7 quartéis, onde produzem de uvas para vinho e nozes, no departamento de San Carlos, uma região excepcional do Valle de Uco que representa a Argentina.

FOTO 1 (1)

Este projeto surgiu das mãos de 5 amigos em 2009, depois de se surpreenderem com o potencial do local. Sua filosofia é aproveitar e viver a paixão pelo vinho em cada exemplar que eles fazem. A plantação e a produção de vinho começaram em 2010. A bodega está localizada nas encostas da Cordilheira dos Andes, na margem leste do rio Tunuyan, a 1.109 m de altitude, onde o solo rochoso aluvial com estratos calcários ajuda a equilibrar o desenvolvimento das plantas.

FOTO 2 (1)

Finca Beth faz parte do PIPA. Os vinhos produzidos obtiveram sua Indicação Geográfica (IG) em 2013. Altamira, possui um recurso que integra uma organização de Produtores Independentes de Paraje Altamira (PIPA), que visa manter a qualidade dos vinhos do Paraje, onde se destaca o trabalho coletivo para comunicar os diferentes projetos nessa área geográfica.

Este projeto tem a particularidade de ter duas linhas de vinhos muito diferentes. Um é da linha 2 km, que se refere à extensão da fazenda. Inicialmente, o responsável era Juan Pablo Michelini (safras 2013, 2014 e 2015) e depois deu lugar ao enólogo Matías Michelini. O projeto ainda conta com o engenheiro Carlos Caggiati na equipe de vinificação e a outra linha de vinhos, Rompecabezas, está aos cuidados do enólogo Felipe Stahlschmidt.

FOTO 3 - FELIPE, ENRIQUE Y MATIAS

Desde a sua criação, a linha 2 km é um corte de 65 Malbec e 35% Cabernet Franc, todas as uvas foram colhidas no mesmo dia e, em seguida, co-fermentadas em ovos de cimento.
Desde a incorporação de Matías Michelini ao projeto, foi desenvolvido o Cabernet Sauvignon, que apresenta acidez média, frutos maduros e fluidez. É um vinho com caráter e tipicidade.

Em 2017, eles incorporaram um Pinot Noir, que teve sua primeira plantação foi realizada em 2010. Tem a mesma característica, é fermentado em ovos de cimento e depois transferido para barris usados ​​de 500 litros. Apresenta aromas de frutas vermelhas e acidez média. É um vinho com estrutura e uma certa frescura.

Esta linha também possui um Chardonnay Laranja. Este vinho tem a particularidade de ser fermentado em contato com as peles da uva por 60 dias e depois passa para barris de 500 litros usados ​​entre 12 e 18 meses. É uma laranja quase sem filtrar, com corpo e elegância, e é um vinho de produção limitada.

Sem dúvida, Matías Michelini deu outro caminho à linha 2 km, estendendo a linha inicial e tentando mostrar o reflexo do solo selvagem de Paraje Altamira.

Quando entrevistamos, no final de janeiro deste ano, Enrique Sack que é um dos responsáveis pelo projeto, para o Programa Radial de Touring Flavors, ele nos contou em primeira mão sobre o vinho que o define: “O Blend de 2 km me define, pois pode-se realizar uma degustação vertical de todas as safras, desde 2013 e ver sua evolução ”.

Na outra linha, como dissemos, estão os Rompecabezas (Quebra-cabeças). A origem do nome alude à união de várias peças: clima, montanha, planta e enólogo. Tudo forma um quebra-cabeça para fazer o vinho.

FOTO 8 (1)

Para esta linha, Enrique ligou para Felipe Stahlschmidt, que o conheceu em 2012, em sua primeira colheita e hoje ele continua trabalhando com Finca Beth.

Quando falamos de Rompecabezas, falamos sobre o solo, que nos remete à área, à bodega, à uva através do vinho. Nasceu como uma linha varietal, uma mistura de Malbec e Cabernet Franc. Além disso, apresenta uma linha de seleção de barris chamada “a última peça”.

Finca Beth tem características especiais. Tem um solo pedregoso ideal com a presença de calcário. O solo de Altamira é aluvial, o que gera um crescimento equilibrado da planta. Neste local, o solo não é super produtivo, mas produz uvas que amadurecem com excelente qualidade.

O ano de 2016 foi um ano atípico, muito frio, difícil para a uva. A equipe Finca realizou testes com o enólogo Felipe e apresentou uma comparação entre Blends e 2km.

A princípio, os Rompecabezas tinham vinhos mais concentrados e extraídos. Depois passaram a vinhos mais simples e mais diretos, com muita expressão de frutas, presença de madeira que representa o terroir Altamira. A intenção desta linha é expressar a concentração do vinho e da fruta. Felipe busca pela fruta, pelo seu amadurecimento.

Atualmente, você pode encontrar as variedades na linha Rompecabezas:

Rompecabezas Malbec 2017: estagiou 18 meses em barricas. Bom corpo, compacto e com notas “quentes”, embora sua passagem pela boca seja fresca. Moderno, com taninos fortes e firmes, é um tinto carregado de fruta madura com grande potencial. É um vinho excepcional que representa as características do solo Altamira.

Rompecabezas Cabernet Franc 2017: aromas e sabores de frutas vermelhas, com notas picantes e um pouco herbáceo. É um vinho com acidez acentuada, que o convida a beber um segundo copo.

Rompecabezas Cabernet Sauvignon 2017: é um vinho expressivo, com notas picantes e com fruta madura. Com boa acidez, complexo e persistente.

Rompecabezas Blend 2017 (65% Malbec e 35% Cabernet Franc): envelhece 18 meses em barris de 225 litros de primeiro, segundo e terceiro uso. É um vinho elegante que continua evoluindo na garrafa, com frutas vermelhas.

Finca Beth apresenta duas linhas totalmente diferentes, ambas expressando o melhor de Altamira. Sem dúvida, eles fazem vinhos que não passam despercebidos e que emocionam em cada garrafa aberta!

Aproveite saúde!

Serviço:
Localização da vinícola: San Carlos, Mendoza, Altamira, Mendoza.
Email de exportação: enriquesack@hotmail.com
Site da vinícola: https://www.fincabeth.com/
Por Jackie Javkin
– Productora & Prensa Gastronómica.
– Conductora & Productora de Contenidos del Programa radial Recorriendo Sabores (Martes de 20 a 21hs por FM 89.7 Radio Porteña o sino bajando la app desde cualquier dispositivo desde Bs.As. al mundo).
– Organizadora de las Ediciones de la Wine Fest en Bs.As. – Argentina. (Festival de Vinos, Destilados & Gastronomía).
– Consultoría en Marketing & Comunicación.
– Asesoramiento & Diseño de Cartas a Restaurantes, Bares & Vinotecas.;
– Periodista Free Lance. 7 años Comunicando.
– Socia de la Asociación Argentina de Sommeliers.

34 comentários em “Finca Beth – Vinhos que Expressam o Melhor de Paraje Altamira

  1. Felicidades por el art. Jackie, son excelentes los vinos de Enrique, cada añada sorprende aun mas y demuestra todo el potencial que tiene el suelo de Altamira. Gran trabaajo!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Foi muito interessante participar desta apresentação online. Eu sou um admirador desta região pela beleza e pelas ótimas características para produção de vinhos, e a boa adaptabilidade a vários tipos de cepas. Abri uma garrafa de Chardonnay laranja, eu que sou um fã de brancos e do chardonnay principalmente, foi pra mim uma ótima surpresa e o entendimento do ótimo trabalho realizado por esta equipe.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Tive o oportunidade de experimentar o Rompecabezas Blend recentemente, caldo extremamente agradável e com personalidade própria, e o mais importante: sem arrebentar com o seu bolso. Excelente matéria sobre a Beth, onde a paixão anda de mãos dadas com a técnica apurada, extraindo assim o melhor dos seus vinhedos. Cheers!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s