Top 20 Vinhos – Junho 2020

Olá,

Que alívio, o mês de junho já me trouxe bons motivos para comemorar!

Ainda que não tenhamos superado por completo a pandemia, durante esse mês tive a possibilidade de encontrar alguns confrades (tomando todas as precauções necessárias) e degustamos alguns dos melhores vinhos da América do Sul. Inclusive foi muito a definição entre o primeiro e segundo da lista, dois vinhos espetaculares.

Desta forma, agora em junho a nossa tradicional postagem dos melhores do mês volta ao seu formato tradicional e consagrado! Ufa…

E como de costume, antes da lista de junho, vale relembrar os eleitos de maio. O link está a seguir: Top 20 Vinhos – Maio 2020.

Top 12 melhores vinhos do mês:

1. Felipe Rutini 2009, Rutini Wines, Argentina – uma verdadeira joia, guardar.

2. Seña 2008, Seña, Chile – outra joia, guardar.

3. 40 Years Old Tawny Port, Graham’s, Portugal – abrir.

4. Carmin de Peumo 2009, Viña Concha y Toro, Chile – abrir ou guardar.

5. Lindaflor Blend 2012, Monteviejo, Argentina – abrir ou guardar.

6. Coyam 2015, Viña Emiliana, Chile – guardar.

7. Angelica Zapata Malbec 2005, Catena Zapata, Argentina – abrir.

8. La Linterna Parcela n° 73 2013, Bemberg Estate Wines, Argentina – guardar.

9. Edad Media Tinto 2015, Altar Uco, Argentina – guardar.

10. Edad Media Blanco 2017, Altar Uco, Argentina – abrir.

11. Barzi Canale 2015, Humberto Canale, Argentina – guardar.

12.  Brut Champagne N.V., Montaudon, França – abrir.

Top 3 custo x benefício do mês:

1. VF Rose 2018, Villa Francioni, Brasil – por R$ 90 no Espaço Prime.

2. Meia Pipa Private Selection 2013, Quinta da Bacalhoa, Portugal – por R$ 89 no Hirota.

3. Edição Nacional Avesso 2016, Quinta de Covela, Portugal – por R$ 124 na Winebrands.

Top 5 indicações do mês:

1. Blend 2015, Casa Bauzá, Chile – eu sou fã desse vinho, corte de Carmenere, Syrah, Petit Verdot e Cabernet Sauvignon. E no Chile não é dos mais caros.

2. Tinto de San Pablo 2017, Domínio de Montaña, Argentina – baita surpresa boa, corte de Cabernet Franc e Malbec com envelhecimento em ovos de concreto. Elegante!

3. Condessa de Santar 2011, Casa de Santar, Portugal – este vinho é uma homenagem a D. Maria Teresa Lancastre de Mello, Condessa de Santar. Branco elaborado a partir de uvas Encruzado.

4. 2Km Chardonnay Naranjo 2017, Finca Beth, Argentina – vinho assinado por Matias Michelini, um ótimo exemplar de vinho laranja.

5. Lindaflor Chardonnay 2017, Monteviejo, Argentina – uma das minhas marcas favoritas, o Lindaflor Chardonnay passa por barricas de carvalho e é bastante untuoso.

Bons vinhos a todos e nos vemos em breve!

7 comentários em “Top 20 Vinhos – Junho 2020

  1. Os da lista de custo benefício eu já tomei o Meia Pipa e o Covela, realmente são bem bacanas! Aqui em BH saem um pouco mais caro que aí, mas vale a pena! Belas provas Sitta!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s