Bodega y Cavas Weinert

Amigos,

Se vocês procuram por uma bodega argentina com um estilo de vinhos diferenciado, muito próximo dos europeus, com certeza a Bodega y Cavas Weinert é o seu destino certo para compras e visitas. Mas aposto que você já sabia disso, visto que estamos falando de uma das mais importantes de Mendoza.

Seu ícone, o Malbec Estrella 1977, é um dos três melhores vinhos argentinos que tive a oportunidade de provar, mas existem outros grandes rótulos que vamos falar mais a frente. Antes, vamos conhecer um pouco mais desse fenomenal produtor.

História:

Fundada em 1975, a Bodega y Cavas de Weinert é um ícone de elegância e estilo na indústria do vinho na Argentina.

Desde sua primeira safra em 1977, a Bodegas Weinert mantém um compromisso estrito de produzir apenas vinhos de alta qualidade e é reconhecida em todo o mundo. Seus vinhedos estão localizadas nas regiões de Luján de Cuyo e Maipú. A idade das videiras varia de 25 a 100 anos. Mantendo um estilo clássico de vinificação e envelhecimento em foudres de carvalho francês e esloveno, a Weinert segue a escola tradicional de Bordeaux, introduzida pelo renomado enólogo, mestre Don Raul de la Mota em Mendoza.

Seu fundador foi o brasileiro Bernardo Weinert, chamado de “Don Bernardo” na Argentina. O empresário de origem alemã e nascido em uma pequena colônia no sul do Brasil resolveu entrar no ramo do vinho, em meados da década de 70, e após alguma pesquisa escolheu os solos de Luján de Cuyo, em Mendoza. Adquiriu uma vinícola construída em 1890, fez as reformas necessárias, estabeleceu um estilo para os vinhos. Em 1995 uma nova reforma adequou os equipamentos as mudanças e avanços tecnológicos. Há alguns anos a empresa teve a entrada de novos sócios.

Don Raul trabalhou na bodega de 1976 a 1996, deixando um grande legado. Em 1997 deu lugar ao suiço Hubert Weber, desde então fez poucas mudança e manteve o estilo dos seus vinhos, a principal marca da Weinert.

O vídeo no link a seguir mostra um pouco mais da história da Bodega: Colección de Estrellas Weinert

Hoje, é Iduna Weinert, filha de Bernardo, quem está a frente dos negócios, mantendo a tradição familiar de produzir vinhos de extrema qualidade e renome internacional.

images (9)

Sua produção anual gira em torno de 450.000 garrafas e as variedades cultivadas são: predominantemente Malbec, além de Cabernet Sauvignon e Merlot. Em alguns anos, os vinhos são produzidos a partir de Sauvignon Blanc, Chardonnay, Gamay, Bonarda, Syrah, Tempranillo e Cabernet Franc.

Principais Vinhos:

Carrascal: 

A linha de “entrada” da vinícola já é de grande qualidade. As safras atuais são Corte Tinto 2017, Cabernet Sauvignon 2017 e Malbec 2017, além do Chardonnay 2019. Os tintos passam entre 18 e 36 nos foudres e todos os vinhos possuem entre 90 e 95 pontos de vários críticos como Tim Atkin e Guia Descorchados.

Weinert3

Weinert:

A linha de varietais passa entre 36 e 60 meses em foudres de carvalho francês de 2.500 e 6.000 litros. As safras atuais são Malbec 2010, Cabernet Sauvignon 2008 e Merlot 2012. As pontuações de James Suckling, Tim Atkin e do Guia Descorchados variam entre 93 e 96 pontos.

20200710_143902

Cask Selection:

Esse é um re-batismo do famoso Cavas de Weinert Gran Corte que teve sua primeira safra em 1977. Com esse novo nome foi lançado nas safras 2007 e 2009 é um corte clássico de 40% Malbec, 40% Cabernet Sauvignon e 20% Merlot que passa 10 anos em carvalho francês. Cada varietal é envelhecido separadamente e os melhores são barris são selecionados para compor um vinho elegante e harmonioso.

Tonel Único:

Originário de barris selecionados, provenientes de vinhas velhas de Luján de Cuyo, essas edições limitadas procuram mostrar a personalidade dos melhores vinhos da Weinert. Foram lançadas as edições Tonel 111 Malbec (1994), Tonel 248 Malbec (2006) e Tonel 183 Cabernet Franc (2013).

Collecion Estrella Weinert:

Os ícones da Bodega. Considerada uma das principais coleções de vinhos da indústria premium da Argentina, Weinert Estrellas são pequenos lotes raros dos vinhos mais expressivos da Bodega. Até agora foram lançadas as edições Malbec Estrella 1977 e 1994, Merlot Estrella 1999 e Cabernet Sauvignon Estrella 1994.

Tive a sorte e a realização de provar o Malbec Estrella 1977, uma verdadeira lenda. Este foi um vinho apenas da segunda safra produzida nesta propriedade, e passou surpreendentes 19 anos em foudres antes de ser engarrafado e liberado. Foi um dos primeiros Malbecs puros a ser apresentado internacionalmente como um bom vinho, ajudando a estabelecê-lo como a variedade de assinatura da Argentina. A próxima Estrella Malbec não seria feita até 1994 e, como seus sucessores, era uma seleção dos melhores barris de vinho. Algumas garrafas da Estrella de 1977 permanecem nas adegas Weinert.

Screenshot_20200714-212104_Instagram

Programem sua visita! E provem seus vinhos!

 

7 comentários em “Bodega y Cavas Weinert

      1. São estas lendas que normalmente passam desapercebidas e “ofuscadas” aos marinheiros de primeira viagem, ao qual hoje dou muito valor quando descubro ou sou apresentado, como é o caso, tenho uma garrafa do tonel 111, e abro hoje. É muito interessante a história da vinícola e a dedicação de quem se enveredou por estes caminhos, principalmente quando está ligada a vinhos fora da curva. Ótima matéria. Parabéns Sitta.

        Curtido por 1 pessoa

  1. Eu tinha grande curiosidade de conhecer a vinícola e os vinhos e essa degustação será um belo momento para conhecer essa lenda incrível! Uma ótima ideia essa de nos trazer essa oportunidade Sitta! Parabéns amigo!! 👏🏻👏🏻👏🏻

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s