Novas Vinícolas de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Por Ivan Ribeiro

A busca pelas vinícolas, vinhedos e histórias sobre o Brasil continua numa crescente muito intensa, para que possamos levar para vocês tudo de bom e bonito que o Brasil pode oferecer.

E nessa busca incansável, vamos escavando o Brasil e descobrindo tudo que ele pode nos mostrar no mundo do vinho. E a cada dia que passa, tudo vem se revelando numa crescente muito interessante e vertiginosa. Com novas histórias, vinhedos e projetos ambiciosos.

Nesse trajeto, descobrimos que a Vinícola Inconfidência já não está sozinha no Rio de Janeiro, e passou a deter apenas o título da primeira vinícola do Rio. Só que agora temos a história de Família Eloy, uma vinícola que vem crescendo nesse Estado.

O Terroir Paulista e seus Vinhos e Vinícolas.

Também iremos falar um pouco sobre os projetos da Vinícola Floresta São Pedro, com sua produção de Sauvignon Blanc de extrema qualidade, em Espirito Santo do Pinhal. Vinícola Pecchio em Amparo – SP, Fazenda Portal da Luz, em São Bento do Sapucaí – SP, Vinícola Arcano em Franca – SP; bem como, iremos falar um pouco sobre as vinícolas Bambini, no cerrado Mineiro e Vinícola Ferreira em Piranguçu – Minas Gerais.

O Terroir Mineiro e seus Vinhos e Vinícolas

VINÍCOLA FAMÍLIA ELOY:

Está localizada no Rio de Janeiro em dois endereços, Estrada da Julioca, Areal – Rj e na Quinta do Vale da Boa Esperança, Petrópolis – RJ, tem um início de projeto com vinhedos localizados à mais de 1200 metros de altitude, com uma belíssima amplitude térmica e com um trabalho com várias castas, tanto tintas, como brancas.

O Vinhedo dos Faisões, em Petrópolis, com 650 metros de altitude, tem a produção hoje de 6 castas tintas e 2 brancas, que vão ser, em breve, abertas para o conhecimento e visitação dos consumidores em geral e amantes dos vinhos. Dentre as castas cultivadas temos: Pinot Noir, Malbec, Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon, Merlot, Shiraz, Chardonnay e Sauvignon Blanc, totalizando mais de 11.000 mil mudas cultivadas dessas 8 castas.

A Vinícola também tem o vinhedo Boa Esperança, que fica numa altitude de 1.100 metros, com o cultivo de Cabernet Franc, Shiraz e Merlot, atualmente com mais de 3.500 mudas plantadas.

Já está sendo desenvolvido um projeto de enoturismo, e estará aberta para visitação à partir de 2021. Portanto, se agendem e programem essa viagem pelas serras fluminenses para conhecer esse projeto grandioso.

VINÍCOLA FLORESTA SÃO PEDRO:

Mais uma vinícola que tem um acompanhamento da turma super competente da EPAMIG, com produção inicial de Sauvignon Blanc, e estão aceitando o desafio de começar o plantio de Syrah para produção de vinho tinto.

A grande inovação que permitiu o sucesso do vinhedo na região foi a técnica da “Dupla Poda“, que altera o ciclo natural da videira e permite a transferência da safra para o inverno, quando o clima local é ideal.  O outono e o inverno são secos e ensolarados e as noites são frias, uma condição climática perfeita para o amadurecimento de nossas uvas.

Plantadas em uma altitude de 900 metros, em meio aos nossos pés de café, aos poucos vamos buscando impor qualidade em trazer um vinho leve, refrescante, com personalidade e  que carrega em seu DNA a riqueza de nosso país e de nossa região. Um Sauvignon Blanc com uma coloração maravilhosa e uma imagem que atrai e apaixona. Vale a visita para quem mora em São Paulo, a vinícola fica em Espírito Santo do Pinhal e faz entregas para a região de São Paulo.

 

VILLA PECCHIO:

Mais uma vinícola que nasce em São Paulo. Um projeto que vêm surgindo em Amparo, com um vinhedo em formação de mais de 4.000 mil mudas de Syrah.

Numa região magistral, e de um projeto criado por apaixonados pelo mundo do vinho, numa área com mais de 1.100 metros de altitude, apostando na dupla poda e vinhos de inverno. Trata-se de um projeto que conta com muita consultoria e apoio de outras vinícolas da região.

 

FAZENDA PORTAL DA LUZ:

Localizada na Serra da Mantiqueira e no coração de São Bento do Sapucaí – SP, também utilizam para a produção de vinhos de inverno o sistema de dupla poda, bem como com colheita de verão de outras castas.

As uvas são a Syrah e, com condições específicas, a Cabernet Sauvignon e a Viognier, passam pelo processo da dupla poda com a inversão do ciclo da videira. Já a Malbec e a Petit Verdot, apesar do volume de água por vezes excessivo, necessitando que sejam cobertas para evitar a irrigação exagerada, criando assim um microterroir próprio e único, fazendo suas colheitas no verão. A Cabernet Sauvignon, quando não passa pela dupla poda, também é colhida no verão com a utilização de cobertura.

As uvas brancas e a Pinot Noir, voltados para a produção de espumantes ou de varietais, não recebem cobertura. Tendo uma linha ampla de vinhos varietais e alguns blends.

Novas5

VINÍCOLA ARCANO:

A primeira Vinícola da região de Alta Mogiana, em Franca – SP, já com produção e venda dos vinhos da Uva Syrah, e com recentes plantações das castas Cabernet Franc e Cabernet Sauvignon.

Com sistema de dupla poda para produção de vinhos de inverno, com uma área ampliada em mais de 3 hectares em 2019 para aumentar a produção de vinhos e novas castas. Tem o acompanhamento do Murilo Regina, criador da dupla poda e está caminhando para a terceira safra de Syrah, com o vinho bem conceituado e reconhecido no mercado, o Syrah ARCANO.

 

VINÍCOLA BAMBINI (PROJETO FORTALEZA):

Com bastante estudo e dedicação, além de consultorias na região, o cafeicultor Flávio Bambini, resolveu testar em 2015 o cultivo de castas na sua propriedade, a Fazenda Fortaleza, no Município de Fortaleza (MG), e ai nascia o primeiro vinho do cerrado Mineiro, o Syrah Bambini safra 2018.

Com uma área de meio hectare, sua produção inicial foi de apenas 200 garrafas, sendo a segunda safra esperada para uma produção acima de 2.000 garrafas de Syrah, através do sistema de dupla poda. Os vinhedos estão em uma altitude que varia de 900 à 1.250 metros acima do nível do mar.

Com a diversidade da região, e para produção de vinhos brancos, o Projeto Fortaleza também começou o cultivo de Sauvignon Blanc.

Essa vinícola faz parte de um projeto maior, denominado Vinhos do Cerrado, que finalizou o ano de 2018, com 2,5 hectares plantados, sendo 0,5 ha em Cruzeiro da Fortaleza, do produtor Flávio Bambini, e dois hectares do produtor Daniel Bruxel, em Patos de Minas, cujo plantio das variedades Syrah e Sauvignon Blanc ocorreu em entre agosto e setembro de 2018 com uma projeção de para 2019 (que não foi atingida) de terem uma área entre 7 a 10 ha plantados, para uma produção almejada de 40 a 50 mil garrafas por ano. Um projeto ambicioso e que deve ser acompanhado de perto por todos.

VINÍCOLA FERREIRA:

Essa vinícola localizada em Piranguçu – Minas Gerais, na Serra da Mantiqueira, e com espaço em Campos do Jordão, que fica à 30 Km de sua sede, com vinhedos com mais de 1.800 metros de altitude e mais de 30.000 mudas na sua totalidade para produção de blends e varietais.

Com uma linha de vinhos com rótulos bem trabalhados com um ar de nostalgia, temos os vinhos: Montês (Merlot), SF Trompete (Gran Corte de Cabernet Franc, Syrah e Merlot), Arcunum da Serra (Merlot), São Bernardo (blend de Malbec, Cabernet Sauvignon e Merlot), Piquant Soleil (Cabernet Franc), Fumê Blanc (Sauvignon Blanc) e RV (Pinot Noir).

Novas9

Esses são alguns dos rótulos sensacionais da vinícola que desenvolve um projeto de enoturismo com visitação, restaurante, passeio de carruagem vitoriana e venda de outros produtos que são fabricados na própria vinícola.

Considerações finais:

Assim, encerramos mais esse passeio por algumas novas regiões do Terroir Paulista, Carioca e Mineiro. Sempre com muita história, castas e projetos inovadores e desafiadores.

Claro que brevemente encontraremos muitos mais encantos e, certamente, outras tantas regiões que buscam a cultura do vinho e seu avanço. Isso ensejaria um trabalho mais minucioso e realizado in loco por todas essas localidades, o que fatalmente realizarei um dia.

Ivan Ribeiro do Vale Junior.
Advogado / Sommelier / Professor / Escritor
WSET / ISG / FACSUL / UFRGS
Instagram: 
@duvalewinetasting

7 comentários em “Novas Vinícolas de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

    1. Oi Christian!! Dessas vinícolas as que estão aceitando visitas são a Ferreira e a Portal da Luz. As outras ainda não tem atendimento ou estão em quarentena ainda. Todas essas vinícolas citadas tem Instagram. Acesse eles e lá tem os contatos. A melhor época é, sem dúvida, durante os períodos de vindima. Abraços.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para monica morador Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s