Top 20 Vinhos – Julho 2020

Olá,

Aos poucos, respeitando as normas e limitações, tomando os cuidados necessários e evitando aglomerações, a vida vai voltando ao normal.

E com alguns eventos presenciais, tivemos a oportunidade de provar alguns excelentes vinhos, principalmente do Novo Mundo, que dominam a lista dos melhores de julho.

Como de costume, antes da lista de julho, vale relembrar os eleitos de junho, mês com dois grandes vinhos. O link está a seguir: Top 20 Vinhos – Junho 2020.

Top 12 melhores vinhos do mês:

1. Mariflor Raphael 2012, Michel Rolland, Argentina – melhor Cabernet Franc argentino que já provei, abrir ou guardar.

2. Almaviva 2014, Viña Almaviva, Chile – outra joia, guardar.

3. Don Melchor 2015, Viña Concha y Toro, Chile – guardar.

4. Cabernet Sauvignon 2010, Quilceda Creek, EUA – abrir ou guardar.

5. Altazor 2012, Viña Undurraga, Chile – guardar.

6. Hornero 2015, Marchiori & Barraud, Argentina – guardar.

7. Lindaflor Malbec 2014, Monteviejo, Argentina – guardar.

8. Cabernet Sauvignon 2008, Cavas Weinert, Argentina, abrir ou guardar.

9. Finca Las Tortugas Malbec 2011, Cadus Wines, Argentina – abrir ou guardar.

10. Karia Chardonnay 2017, Stag’s Leap Cellars, EUA – abrir ou guardar.

11. Rompecabezas Blend 2017, Finca Beth, Argentina – guardar.

12.  Rosé Savage Champagne N.V., Piper-Heidsieck, França – abrir.

Top 2 custo x benefício do mês:

1. Esporão Colheita 2019, Herdade do Esporão, Portugal – por R$ 129,90 na Sonoma.

2. Gran Báculo 2012, Vinícola Salvador, Brasil – por R$ 129 na Winemania.

Top 6 indicações do mês:

1. Mad Bird Supremo Blend 2015, Corbeau Wines, Argentina – corte de 6 uvas (incluindo Ancellotta) com 12 meses em carvalho. No nariz é encantador e tem boa complexidade em boca.

2. El Regalón 2017, El Regalón, Argentina – eu já havia citado este vinho como uma das boas opções para provar em Mendoza. Um Pinot Noir assinado por Andrea Mufatto.

3. Alcyone N.V., Viñedo de Los Vientos, Uruguai – eu sou apaixonado por este fortificado de Tannat. Um espetacular vinho de sobremesa.

4. L’amitié Gran Vin Robusto 2017, Paco Puga, Argentina – vinho de Salta do projeto particular do renomado enónolo Paco Puga. Elegante, complexo e encantador.

5. Merlot 2015, Rombauer Vineyards, EUA – esse Merlot americano expressa bem a variedade da fruta, com taninos macios e final aveludado.

6. Grus de Alcohuaz 2016, Viñedos de Alcohuaz, Chile – corte com 50% de Syrah mais Garnacha, Malbec e Petit Syrah com 12 meses em ovos de concreto. Vinho mineral e equilibrado.

Bons vinhos a todos e nos vemos em breve!

SERVIÇO:

 

Sonoma – https://www.sonoma.com.br/
Winemania – https://www.winemania.com.br

9 comentários em “Top 20 Vinhos – Julho 2020

    1. Paulo.
      Obviamente são estilos diferentes mas achei belíssimo. Melhor que o Gran Enemigo Gualtallary por exemplo. Mesmo nível do Almaviva e já mais pronto que o Don Melchor 2015

      Curtir

  1. Boa noite Rodrigo

    Sabe me informar se o vinho que ficou em primeiro lugar o cabernet franc Mariflor Raphael 2012, Michel Rolland é possivel comprar na Europa, tentei ver mas não consegui nada.

    Cumprimentos

    Manuel Figueiredo
    ________________________________

    Curtido por 1 pessoa

    1. Boa noite Manuel.
      Entrei em contato com o enólogo da Bodega Michel Rolland, Rodolfo, que vai pedir para alguém entrar em contato com você por e-mail para passar os endereços na Europa

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s