12 Vinhos Especiais para Comemorar o Dia Internacional do Malbec

Por Jackie Javkin

Abril é certamente sinônimo de Malbec. Isso se deve, em grande parte, a todas as ações que estão em torno dessa uva emblemática  no mundo. O dia 17 de abril  é o Dia Internacional do Malbec, variedade emblemática da Argentina, e é celebrado em todo o mundo, pela qualidade, diversidade e extensão que faz com que o terroir típico de cada região se mostre.

Vamos lembrar que a Argentina é o principal produtor de Malbec no nível global e, desde 17 de abril de 2011, se comemora o Malbec World Day no mundo inteiro. A iniciativa de levar adiante um dia para essa variedade versátil, que se adapta a várias condições climáticas e geográficas, é graças a Wines of Argentina que divulga o Malbec Argentino no mundo.

O número de hectares de Malbec em todo o país aumentou 43,7% entre 2011 e 2020. Esta é a variedade mais comercializada dentro e fora da Argentina, com quase 55% de participação nas vendas de vinhos varietais totais.

A origem dessa variedade ocorre na parte sudoeste da França, onde vinhos chamados “Cahors” foram produzidos pelo nome da região. Esta cepa chegou à Argentina em 1853 pelo francês Michel Aimé Pouget (1821-1875), engenheiro agrônomo contratado pelo jornalista, político e estadista Domingo Faustino Sarmiento (1811-1888), com o objetivo de realizar a direção geral da Quinta Agronômica de Mendoza e da Escola de Agricultura.

Desde então, adapta-se a solos infinitos e aos diversos climas do país, tornando-se a variedade de uvas vermelhas mais plantada, resultando em vinhos de excelente qualidade em todas as regiões.

Em seguida, você encontrará uma lista de 12 vinhos para percorrer as diferentes geografias do território argentino para celebrar o mês de Malbec e, principalmente, o dia 17 de Abril:

1. BODEGA ALFA CRUX – CRUX XTRA MALBEC 2018

A linda Bodega está localizada em Pampa el Cepillo, no Valle de Uco (Mendoza). Se caracteriza por ter um microclima de temperaturas frias, solos pobres, que carecem de alguns nutrientes. O solo tem encostas, com solos arenosos, com caliche e pedras. Está localizada na faixa de 40 a 100 cm de profundidade, aumentando a leste. Essa camada ajuda no desenvolvimento das raízes das videiras.  É uma vinícola pioneira em Pampa El Cepillo, que foi adquirida pela família Agostino, onde desta última vez relançou suas diferentes linhas que fundem o moderno com o tradicional.

Este Malbec nasce de uma seleção de parcelas nos vinhedos ao redor da vinícola, produto do trabalho do enólogo alemão Páez, onde ele alcança um Malbec que evolui com boa presença de frescor e taninos envolventes.  Com aromas de frutas vermelhas maduras e violetas com folhas de alecrim e jarilla (planta típica da região). No paladar é fresco, tem grande caráter e é um ótimo vinho para evoluir em taça.

Site: www.alfacruxwines.com

 2. BODEGA ALDOGON – ALGODÓN MALBEC BLACK 2017

Seus vinhedos de 830 hectares estão localizados a 17km da cidade de San Rafael, ao pé da Serra Pintada, na província de Mendoza. Eles possuem um dos vinhedos mais antigos da região, plantados em 1946.

Este Malbec é o produto dos vinhedos de uma região tão emblemática quanto San Rafael, no Cuadro Benegas, uma área privilegiada que está localizada entre os rios Atuel e Diamante. A Algodón cuida da premissa de qualidade desde o cuidado minucioso do vinhedo até a vinícola. A bodega utiliza o processo de microvinificação para variedades e cortes de qualidade superior.

Vinho de Partida Limitada, tem intensidade aromática, é complexo e destaca notas torradas, frutas vermelhas maduras, especiarias e aromas florais. Estrutura, frescor com taninos marcados, envolvem o paladar.

Site: www.algodonwines.com.ar

3. BODEGA ALMA AUSTRAL – ALMA AUSTRAL BARREL SERIES MALBEC 2016

Possui uma herança de vinhos do velho mundo, mas com sua própria identidade do Vale do Uco. Eles partem de uma busca constante por melhorias, alcançando assim a melhor expressão do terroir.

Vinho 100% Malbec do Vale do Uco, de vinhedos localizados a 1.100 metros acima do nível do mar. No paladar é elegante e complexo com uma nota mineral de giz do próprio solo calcário, com estrutura e taninos maduros bem integrados e com o uso de madeira que lhe dá um final longo e persistente.  Se pode perceber elegância na boca e bom volume.

Site: www.almaaustral.com.ar

4. BODEGA ATAMISQUE – ATAMISQUE MALBEC 2017

Eles prezam pelorespeito à natureza. A bodega está localizada na entrada do Cerrillos, entre vinhedos e árvores frutíferas em Tupungato. Seu microclima é caracterizado por dias ensolarados e noites frias, com solos de origem aluvial, restos rochosos e camadas superiores de textura franca-arenosa. Ao redor da vinícola é mantida a flora do local, com seus arbustos nativos como atamisque, chañares, piquillos, cactos e demais variedades.

Com um perfil elegante, nuances de frutas vermelhas e negras, notas torradas por sua passagem de 12 meses em carvalho francês e uma estiba de 6 meses em garrafa. Com intensidade, frescor e suculência expressa o terroir e a vegetação do local.

Site: www.bodegaatamisque.com

+ Bodega Atamisque – Enoturismo entre Vinhedos.

5. BODEGA CALLEJÓN DEL CRIMEN – CALLEJÓN GRAN RESERVA MALBEC 2017

ACallejon del Crimen tem uma busca constante para expressar genuinamente seu terroir. A linha Gran Reserva é caracterizada pela expressão e concentração, desta forma busca transmitir em cada garrafa as condições do local.

As uvas são de qualidade e concentração excepcionais. É um malbec da região de Vista Flores (Vale do Uco  Mendoza) produzido pelo enólogo Pablo Navarrete.  Cor rubi profunda com notas violetas e azuladas. É intenso e de alta densidade, expressa a identidade do microterroir da Vista Flores onde altitude, solo e clima desempenham um papel decisivo em sua expressão. Percebe-se também frutas vermelhas maduras, geleia de ameixa e notas de ervas. É um vinho complexo, com uma boa estrutura, equilibrado, cremoso e com final persistente.

Site: www.callejondelcrimen.com

Vinos de La Luz: Vinhos que Iluminam e Inspiram.

6. BODEGA FINCA BETH – 2KM ARRANQUE MALBEC 2019

No coração de Paraje Altamira, os 60 hectares de Finca Beth estão divididos em 7 quartéis de uvas para para a produção de vinhos e nogueiras.

A Finca Beth está localizada em Paraje Altamira, no departamento de São Carlos, região de excelentes características para o cultivo da videira, onde o solo rochoso aluvial com estratos calcários ajuda a equilibrar o desenvolvimento das plantas. Fundada em 2010, elas têm uma produção inicial limitada entre suas duas linhas, 2KM e Rompecabezas.

O clima é frio, seco, com grande amplitude térmica é ideal para o desenvolvimento vegetativo. A sanidade do vinhedo permite uma maturidade completa, com um período de colheita prolongado que lhes permite escolher o momento certo para alcançar complexidade e expressão em cada um de seus vinhos.

Arranque é um tinto com 12 meses de estágio em ovos de concreto. Com notas florais, ameixas, herbáceas típicas da vegetação do local.  Boa acidez, que é combinada com um intensa textura e notas minerais.

Site: www.fincabeth.com

Finca Beth – Vinhos que Expressam o Melhor de Paraje Altamira

#MALBECWORLDDAY-1

7. BODEGA FINCA LA IGRIEGA – LA IGRIEGA MALBEC 2019

Finca La Igriega une sua geografia única ao valor genuíno de seu povo. Como seus vinhos: genuínos, expressivos, nobres, elegantes e sofisticados.

Este Malbec que reflete o próprio terroir de Paraje Altamira, com vinhedos de 11 anos, solo franco arenoso, com pedregulhos aluviais a 75 cm de profundidade e depósitos calcários.

O perfil dos vinhos que produzem refletem o próprio terroir. É um vinho fresco suculento com características delicadas, volume médio, acidez elegante, final límpido e sedoso.

Site: www.laigriegawines.com

8. BODEGA MALMA- MALMA UNIVERSO BLEND 2017

A vinícola pertence à família Viola, pioneira e desenvolvedora do centro de vinhos de San Patricio del Chañar e apaixonada pela Patagônia.

Juntamente com sua equipe e o enólogo consultor Hans Vinding-Diers, eles esboçaram vinhos que expressam a pureza e nitidez do terroir patagônio.

San Patricio del Chañar destaca-se por suas características incomparáveis para o cultivo da videira. Graças à latitude patagônica temos uma grande amplitude térmica, que permite um amadurecimento lento das uvas, favorecendo um melhor acúmulo de açúcares, níveis de acidez, aromas e sabores, enquanto os ventos constantes mantêm a sanidade dos vinhedos.

Esse Malbec tem uma passagem de 15 meses de carvalho francês. Cor violeta, com aromas frutados acompanhados de um toque sutil de baunilha. No paladar, há notas espaçadas, frutas vermelhas e notas torradas fornecidas pela passagem pelos barris de carvalho francês. É um vinho untuoso com um final persistente.

Site: www.bodegamalma.com

9. BODEGA MATERVINI – MATERVINI ALTEZA 2017, VALLE DE CAFAYATE

Matervini é uma mudança de paradigma, onde um novo desafio começa com dois amigos, os enólogos Santiago Achaval e Roberto Cipresso. É onde se produz, através da busca de viticultura extrema, não apenas em vinhedos antigos com mais de 100 anos de história, mas em terroirs totalmente extremos onde a altura é procurada, como é o caso de Cafayate-Salta ou Las Heras-Mendoza.

Matervini é a busca pelo desconhecido, do novo no antigo, onde nenhum vinhedo funciona de forma diferente. Todos os vinhedos estão no mesmo equilíbrio.

Blend dos Vales Precordillera e Calchaquí com Rupestre. Em Yacochuya, 2.200 metros acima do nível do mar. O caráter deste Malbec reside em sua mineralidade e estrutura, o apelo é a personalidade e convicção do terroir saltenho para expressar todo o seu potencial.

Site: www.matervini.com

 + Matervini

10. BODEGA TRAPICHE – TRAPICHE TERROIR SERIES EDICION LIMITADA FINCA LAS PIEDRAS SINGLE VINEYARD MALBEC 2014

Trapiche abriu suas portas para o mundo em 1912. Desde 2006 inicia um processo de restauração e reciclagem, incorporando a mais alta tecnologia e equipamentos para a produção de todos os seus vinhos de alta gama, onde apresenta uma grande diversidade de opções e estilos.

Esta linha de Malbec é uma edição limitada que parte de seus próprios vinhedos. A paisagem consiste em pedras que circundam os caminhos. Há uma evolução do Malbec e os pontos de maturidade são colocados sob a lupa, a fim de alcançar um equilíbrio entre frescor, notas picantes e a presença de taninos de forma equilibrada.

Especificamente nesta safra é percebido um perfil mais fresco, com notas de frutas vermelhas, lavanda e herbáceas. Com excelente acidez e uma passagem fácil pela boca, há uma presença de madeira que envolve os taninos macios, sem ser invasivo e tem um final longo e elegante na boca.

Site: www.trapiche.com.ar

11.BODEGA PATRITTI – PRIMOGÉNITO SANGRE AZUL MALBEC 2017

Bodega PATRITTI nasceu em 2003 com o objetivo de produzir vinhos de alta qualidade e personalidade excepcional. Está localizada na Patagônia Argentina, 39º de latitude sul, na parte mais alta do Vale de San Patricio del Chañar, a 53 km da cidade de Neuquén.

Patritti é um novo estilo onde produz vinhos para prestigiar as frutas e o potencial do solo patagônio. Com 20 meses em barris de carvalho francês de primeiro uso, predominam elegância e complexidade.

Cor vermelho cereja com reflexos roxos, claros e brilhantes. Frutado e um pouco picante, tem notas de frutas vermelhas como morango, cereja e ameixa, e notas tostadas por seu tempo em barris. Com taninos sólidos, mas sedosos, uma acidez média que proporciona o frescor certo.

Site: www.bodegaspatritti.com.ar

12. BODEGA ZORZAL – ZORZAL EGGO TINTO DE TIZA MALBEC 2017

Junto com a equipe, os irmãos Michelini produzem vinhos que partem da premissa de expressar a cultura de um lugar, com intervenções mínimas que expressam frutas e austeridade.

Zorzal apresenta uma linha exclusiva de Single Vineyards, chamada EGGO das mãos de Juan Pablo Michelini.  Onde eles demonstram a força e expressão viva do lugar, com a pureza de cada variedade. São feitos exclusivamente em ovos de cimento.

É um vinho maduro e equilibrado que lembra a safra de 2013 por sua textura crocante, taninos afiados, acidez equilibrada, presença de frutas e uma nota de frescor no paladar.

Site: www.zorzalwines.com

Zorzal Wines – Vinhos com Foco em Terroir

#MALBECWORLDDAY-2

Aqui estão nossas dicas, para curtir o Malbec argentino e suas diferentes expressões, saúde!

Productora & Prensa Gastronómica
–          Conductora & Productora de Contenidos de Recorriendo Sabores.
–          Consultoría en Marketing & Comunicación.
–          Organizadora de las Ediciones de la Wine Fest en Bs.As. – Argentina.
–          8 años Comunicando. Socia de la Asociación Argentina de Sommeliers.

32 comentários em “12 Vinhos Especiais para Comemorar o Dia Internacional do Malbec

  1. Belíssimo artigo e seleção de rótulos. Desses 12 eu já provei 5. Que bom ter esse homework pela frente. Parabéns Jackie pelo post e um parabéns especial ao Rodrigo Sitta que o maior embaixador da Malbec no Brasil.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Muy buen artículo, que gran listado.
    Felicidades Jackie por llevar siempre en alto al vino Argentino. Rodrigo muy buen trabajo de contenido en el sitio.
    Salud, desde Bahía Blanca!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Que orgullo la vitivinicultura Argentiana, que gran trabajo Jackie.
    Mis felicitaicones por el trabajo y pasion que le pones a todo lo que emprendes.
    Salud desde el otro lado del charco!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s