Top 20 Vinhos – Junho 2021

Olá!

Hora de falarmos do meu Post favorito! Nossa edição mensal com os melhores vinhos do mês.

E com tudo voltando a normalidade, nessa fase de transição, o mês de junho foi muito especial! Tanto que o editor do Blog (autoritário como sempre rsrs) resolveu que nesta lista estarão somente os vinhos degustados até dia 25 de junho. Os demais estarão na lista do mês de julho.

E neste mês demos uma bela volta ao mundo.  Mas antes dos melhores deste mês, vale a pena relembrar a lista dos melhores de Maio: Top 20 Vinhos – Maio 2021.

Top 12 melhores vinhos do mês:

1. PS Brunello di Montalcino Riserva 2012, Siro Pacenti, Itália – guardar.

2. Gran Cuvee Blend 2012, Marcelo Pelleritti Wines, Argentina – guardar, o melhor argentino de 2021 até agora.

3. RJ Distinto 2013, RJ Viñedos, Argentina – guardar.

4. Viu 1 2008, Viu Manent, Chile – abrir.

5. Finca 2017, Matervini, Argentina – guardar

6. Chardonnay 2017, Far Niente, Estados Unidos – guardar.

7. Reserva Vinhas Velhas 1997, Quinta do Crasto, Portugal – abrir.

8. Alae 2015, Las Perdices, Argentina – de preferência guardar.

9. Cabernet Franc 2017, Churchill Valmarino, Brasil – guardar.

10. Les Jiromées 2010, Chateau de Villars Fontaine, França – abrir ou guardar.

11. La Poja 2015, Allegrini, Itália – guardar. Vende na Grand Cru Pinheiros.

12. Antonia Adelaide Ferreira 2011, Casa Ferreirinha, Portugal – abrir ou guardar.

Top 3 custo x benefício do mês:

1. Don Reca Gran Cuvee 2014, Viña La Rosa, Chile – por R$ 160 no Supermercado Português.

2.  Douro Rose 2019, Quinta do Vallado, Portugal – na Grand Cru Pinheiros por R$ 143,50 (preço confrade).

3. Dry Cuvèe 2016, Royal Tokaji, Hungria – no Empório Húngaro por R$ 122,50.

Top 5 indicações do mês:

1.  Poço do Lobo Arinto 1994, Caves São João, Portugal – um branco evoluído fora-de-série que roubou a cena na vertical de Quinta do Crasto Vinhas Velhas. Complexo, encorpado e vivíssimo após quase 20 anos em garrafa.

2. Neelands Malbec 2019, SoloContigo Wines, Argentina – o vinho é um Malbec moderno e frutado, com passagem de 12 meses em carvalho com produção de apenas 1500 garrafas.

3. Canto do Zé Cruz 2014, Herdade do Esporão, Portugal – preparação para o evento do Blog com a Herdade do Esporão. Uvas 100% Aragonez provenientes de uma parcela plantada em 1974 com passagem de 12 meses em barricas novas de carvalho francês e 14,5% de graduação alcoólica.

4. Poggio Alle Gazze 2014, Tenutta Ornellaia, Itália – um branco sensacional da @ornellaiawinery corte de 70% Sauvignon Blanc, 16% Vermentino, 8% Verdicchio e 6% Viognier com estágio de 6 meses sobre as borras finas e afinamento de mais 12 meses em garrafas.

5. Maria Valduga Brut Rose Vintage, Casa Valduga, Brasil – confesso que esperava um pouco mais mas ainda assim vale a prova. Apesar de ser Vintage, não indica a safra. Corte de 70% Chardonnay e 30% Pinot Noir com 60 meses de autólise em cava. Potencial de guarda de 10 anos após o dégorgement.

3 comentários em “Top 20 Vinhos – Junho 2021

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s