Top 20 Vinhos – Julho 2021

Amigos,

O mês de julho foi um dos mais especiais desde que lançamos nossa publicação mensal dos melhores vinhos. E teve representantes de praticamente todos os principais produtores mundiais. Também decidimos publicar somente os vinhos provados até o dia 29 do mês, ficando os ícones portugueses para compor a lista de agosto. 

Mas, como já é uma tradição, antes dos melhores de Julho, vale passarmos pela lista dos melhores do último mês, para relembrar: Top 20 Vinhos – Junho 2021.

Top 12 melhores vinhos do mês:

1. Pessac-Leógnan 1958, Château La Mission Haut-Brion, França – um sonho realizado, abrir.

2. Poggio all’Oro Riserva 1995, Castello Banfi, Itália – no auge, abrir.

3. Castillo de Ygay 2009, Marqués de Murrieta, Espanha – na vertical ficou a frente do 2010, guardar.

4. Vinha da Francisca 2011, Quinta Vale D. Maria, Portugal – abrir ou guardar.

5. Cabernet Sauvignon 1995, Robert Mondavi, Estados Unidos – abrir.

6. Domus Aurea 2015, Quebrada de Macul, Chile – guardar.

7. Pessac-Leógnan 2012, Château Smith Haut-Lafitte, França – abrir ou guardar.

8. Chassangne-Montrachet 2007, Lupé-Cholet, França – abrir.

9. Arlene 2017, Piattelli Vineyards, Argentina – abrir ou guardar.

10. Privet Selection Tinto, 2008, Herdade do Esporão, Portugal – abrir ou guardar.

11. Cabernet Sauvignon 2016, Chateau Montelena, Estados Unidos – guardar.

12. Ícono 2018, Luigi Bosca, Argentina – guardar.

Top 3 custo x benefício do mês:

1. Catarina Chardonnay 2019, Bacalhoa, Portugal – na lista da Portus Cale by Carlos Mazon por R$ 109,00.

2. Estates Douro 2014, Churchill’s, Portugal – na promoção da Casa Sagres por R$ 67.

3. Beauty in Chaos Chardonnay 2018, Chateau Ste. Michelle, Estados Unidos – na Grand Cru Pinheiros por R$ 137,90.

Top 5 indicações do mês:

1.  Lauri Viana Blend 2016 – de acordo com meus registros é minha quarta safra (2012, 2013 e 2014) e o corte é Malbec, Merlot e Syrah com passagem de 24 meses em carvalho francês e com estágio de 18 em garrafa. Tem 13,9% de graduação alcoólica e mantém excelente nível, safra a safra

2. Privet Selection Branco 2019, Herdade do Esporão, Portugal – se não fosse um mês tão forte, com certeza estaria entre os melhores do mês. Uvas 100% Semillon com 6 meses de estágio em carvalho francês sobre as borras.

3. Bramare Valle do Uco Malbec 2018, Viña Cobos, Argentina – nova safra desse que é um dos vinhos mais consistentes da Argentina. Safra após safra mantém a qualidade e o padrão. Uvas 100% Malbec com passagem de 18 meses em carvalho francês (25% novo). Vende na Grand Cru Pinheiros.

4. Grand Cru Maipo Andes 2012, Caballo Loco, Chile – sempre uma opção muito confiável, aliás é difícil escolher o melhor entre os atuais 5 da linha. Corte de 60% Cabernet Sauvignon com 40% de Cabernet Franc.

5. Primo 2011, Pizzorno Uruguai – um dos meus queridinhos do Uruguai. Corte de Tannat, Cabernet Sauvignon, Merlot, Petit Verdot com passagem de 20 a 24 meses em barris de carvalho e 13,5% de graduação alcoólica.

Bons vinhos a todos!!

Serviço:
Portus Cale by Carlos Mazon: carlos_mazon_vinhos
Grand Cru Pinheiros:
Endereço: Rua Padre Carvalho, 55 – Pinheiros – São Paulo.
Telefone: 11-3032-6155

5 comentários em “Top 20 Vinhos – Julho 2021

  1. Sitta, fale um pouco mais do Mission, deve ser uma experiência absurda um vinho desses. Com relação ao icono, tenho um 2015, acha que dá para abrir?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s