Histórias do Vinho Parte 2 -Acidentalmente Maravilhoso

Amigos,

Faz poucos dias que lançamos a série de postagens sobre as Histórias do Vinho. Nosso primeiro capítulo foi um texto do nosso autor Fernando Procópio, e se você ainda não leu, o texto está a seguir: Histórias do Vinho Parte 1: Coisas Que Acontecem, Mas Não Deveriam.

Nosso próximo texto é do meu confrade Marcio Batistuti, e fala sobre um “acidente” que acabou sendo uma boa experiência.

Boa leitura a todos!

Por Marcio Batistuti

Acidentalmente Maravilhoso

No último final de semana, eu estava com um grande amigo, no litoral paulista.

Depois de nossa chegada na sexta-feira de carnaval, com uma ótima sequência de vinhos, nosso sábado começou com a parrilla acesa, um Rosé Brazuca, um Torrontés, um Sauvignon Blanc, um Chardonnay e na sequência abriríamos um segundo Chardonnay, um Escorihuela Gascon Pequenas Producciones 2019, que em função do calor, tive a “brilhante” ideia de refrescá-lo rapidamente, no freezer.

Mas, minutos depois, minha esposa surgiu com uma proposta: vamos para um Pinot Noir. E claro, sem dúvidas, fui até a adega e peguei um Pinot, e depois um Sangiovese, e fechamos a noite com um português que surpreendeu a todos (Ávidos, Douro 2014).

Na manhã seguinte, quando pensamos em iniciar novamente os trabalhos, veio a clássica dúvida da minha casa: um champagne ou um branco pra começar?

Momento de um “relâmpago” de memória.

O Chardonnay no freezer!!!

A garrafa estava congelada! Mas estava intacta. A cápsula tinha se rompido e a rolha tinha sido expulsa pela expansão do líquido congelado.

Um minuto de decepção, e vida que segue. Paciência, afinal foi em função da memória prejudicada pelo álcool do dia anterior que esqueci o vinho no frezzer. Pensei, vou deixar descongelar e jogo pelo ralo da pia, pois na minha cabeça, nada mais poderia ser feito.

Foi quando meu amigo Osmar, saca aquela frase, com a sagacidade que lhe é peculiar: “você tem certeza que o vinho quando descongelar ficará ruim?”

Eu não tinha resposta, pois nunca tinha passado por essa experiência. Mas, por tudo que já estudei sobre vinhos, na teoria e ainda mais na prática, seria quase impossível, na minha percepção, isso dar certo. Só que não teria problema algum em deixar descongelar, testar o vinho, que na minha opinião, certamente estaria prejudicado, desequilibrado, ou até impróprio para o consumo.

Quando ele descongelou, ainda abaixo do indicado para consumo, chegando à uns 5 graus, fiz o primeiro teste. Parecia bom, mas deixaria entrar em uma temperatura ideal  para analisar melhor e com uns 11 graus, coloquei na taça e provei.

Fiquei surpreso, pois não só não estava ruim, mas estava excepcionalmente bom para o consumo, nada foi prejudicado, estava amanteigado, frutado e com um toque de madeira, tudo que já conheço desse Chardonnay argentino da região de Tupungato.

Não só fizemos o teste, como bebemos a garrafa toda!

Não recomendo fazer isso propositalmente, mas se ocorrer um acidente desse, faça o teste e compartilhe a experiência com os amigos. Pode ter sido um duplo acidente, no congelamento e na qualidade pós descongelamento, mas foi acidentalmente maravilhoso.

Screenshot_20220306-125233_WhatsApp

Vamos fazer essa nova coluna virar tradição por aqui!

Participe também! Envie sua história para vaocubo.oficial@gmail.com e nos conte uma experiência com os vinhos.

Bons vinhos a todos.

8 comentários em “Histórias do Vinho Parte 2 -Acidentalmente Maravilhoso

  1. Muito interessante. Se não me engano, no episódio do Podcast “Confra do Filhos” com o Alcir Vidigal da Art des Caves, ele menciona que fizeram várias provas as cegas de vinhos congelados e descongelados, contra outros de mesmo rótulo e safra que não passaram por isso, e o que eles obtiveram de resultado foi justamente isso. Que descongelar e tomar não prejudica em nada o vinho.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s