Top 20 Vinhos – Junho 2022

Amigos,

Mês passado eu me atrasei bastante para divulgar a lista dos melhores vinhos do mês anterior. E pra não repetir essa falha, aqui já vai a lista dos melhores de junho.

Aliás, junho foi um mês bastante especial. Teve vertical de Sassicaia, teve evento com grandes vinhos do Uruguai, teve degustação do vinhos da Torres, teve vinho 100 pontos de Robert Parker e muito mais. Sendo assim, vou repetir o formato do mês de abril e nesse mês não teremos a tradicional coluna dos melhores custo x benefício.

Mas, antes da lista de junho, segue a lista de maio para relembrar nossas escolhas: Top 20 Vinhos – Maio 2022.

Top 15 melhores vinhos do mês:

1. Sassicaia 2006, Tenuta San Guido, Itália – o campeão da degustação vertical, abrir ou guardar.

2. Mariflor Raphael 2012, Bodega Rolland, Argentina – abrir ou guardar.

3. Valbuena 5º ano 2016, Vega-Sicília, Espanha – guardar.

4. Cuvée Prestige Madiran 1989, Chateau Montus, França – abrir.

5. Don PX Convento Selección 1946, Toro Albalá, Espanha – safra 100 pontos de Robert Parker, abrir.

6. Malbec 2007, O. Founier, Argentina – abrir.

7. Grand Vin de Leoville 1989, Chatêau Leoville-Las Cases, França – abrir.

8. Cru D’Exception Chardonnay 2006, Familia Deicas, Uruguai – abrir.

9. Gold Reserve Cabernet Sauvignon 2009, Viña Carmen, Chile – abrir.

10. Il Nero 2009, Antigua Bodega, Uruguai – abrir ou guardar.

11. EPU 2010, Viña Almaviva, Chile – abrir ou guardar.

12. Chianti Classico Riserva 2016, Brancaia, Itália – guardar.

13. Massimo Deicas 2013, Família Deicas, Uruguai – guardar.

14. Reserva Real 2015, Família Torres, Espanha – guardar.

15. Altimvs MMIV (2004), Bodega El Esteco, Argentina – abrir.

Top 5 indicações do mês:

1. Malbec Single Vineyard Gualtallary 2018, Callejon del Crimen, Argentina – na safra seguinte é medalha de platina na Decanter. Foi o grande campeão da degustação dos 3 vinhedos e do blend, no aniversário do Blog. Passa 12 meses em barricas de carvalho francês.

2. Ibbianco 2020, Casanova di Neri, Itália – Corte de 60% Vermentino e 40% Grechetto das vinhas Podere Spereta. Cor amarelo palha com reflexos dourados, o nariz expressa aromas frutados e florais como maçã verde, abacaxi, mel, amêndoa. Em boca tem ótima acidez notas frutadas, com boa persistência e equilíbrio.

3. Grans Muralles 2016, Família Torres, Espanha – O vinho é uma combinação de uvas tradicionais da Espanha Garnacha Tinta, Monastrell e Cariñena com duas uvas autóctones Querol e Garró. Um dos ícones de vinícola, mas que pede mais anos na adega.

4. Icon Malbec 2017, Solo Contigo, Argentina – Edição limitada de venda exclusiva na própria vinícola. Uvas 100% Malbec, micro-fermentado e com passagem em barricas novas de carvalho francês durante 18 meses e 14,5% de graduação alcoólica.

5. Champagne Cort D’or Extra Brut, Drappier N.V., França – uvas 80% Pinot Noir, 15% Chardonnay e 5% Meunier. Método clássico (segunda fermentação em garrafa), 30 meses em contato com as leveduras e 5% do vinho base estagia em carvalho.

Bons vinhos a todos!

3 comentários em “Top 20 Vinhos – Junho 2022

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s