Vinho Argentino Recebe 100 Pontos de Robert Parker e Tim Atkin

Olá amigos,

Um vinho receber 100 pontos de algum dos principais críticos de vinhos do mundo, não é tarefa fácil. Na Argentina, por exemplo, apenas 5 rótulos já receberam 100 pontos de Robert Parker, possivelmente a publicação mais influente no mundo dos vinhos (The Wine Advocate).

Nessa lista pequena e exclusiva, apenas um rótulo já havia recebido 100 pontos duas vezes. Entretanto ambas notas foram conferidas por James Suckling, como noticiamos anteriormente aqui. Confira qual foi esse vinho no link abaixo.

Vinho Argentino Atinge Novamente 100 Pontos.

Desta vez noticiamos um fato até agora inédito. Um vinho argentino recebeu 100 pontos de dois dos principais críticos de vinhos do mundo: Robert Parker e Tim Atkin.

O rótulo foi o Piedra Infinita Finca Gravascal, da bodega Zuccardi, que recebeu 100 pontos de Robert Parker por sua safra 2018 e também recebeu 100 pontos de Tim Atkin por sua safra 2019, tornando-se o primeiro vinho argentino a atingir essa marca.

O Vinho

Obra do prestigiado enólogo Sebastian Zuccardi, o vinho é produzido com uvas 100% Malbec, provenientes de uma  parcela específica de 0,73 hectares, situada a noroeste do vinhedo de Paraje Altamira, que tem solo aluvial com rochas cobertas de calcário a 60cm de profundidade. A fermentação é feita em piletas de concreto, sem epoxi, com leveduras nativas e o envelhecimento é feito em barricas usadas de carvalho francês de 500 litros, prestigiando a fruta e a qualidade da uva.

gravascal-100pt-home-1

Sebastián Zuccardi disse: “ao fazer este vinho, gosto de pensar que provém de um lugar determinado. Quem trabalha diariamente neste vinhedo sabe que há lugares especiais, com particularidades realmente únicas”.

A respeito da safra 2018, Sebastián relembra que foi “fresca e seca, o que garantiu uma sanidade excepcional e deu vinhos de grande finura e elegância. Estas condições alcançaram níveis realmente excepcionais em algumas parcelas de Piedra Infinita”.

Em relação à colheita de 2019, Sebastián recorda-a como excepcional: “Foi uma época fresca e seca e uma das melhores colheitas que tive oportunidade de fazer. Apesar de ter sido um ano de muita insolação, a colheita de 2019 foi fresca e teve um ritmo de maturação lento. Consequentemente, os vinhos destacaram-se pela boa acidez natural, ótima sanidade e taninos com estrutura”.

Agora nos resta aguardar e saber se teremos um vinho argentino, que receberá 100 pontos de dois ou mais dos principais críticos, pela mesma safra.

+ Os Vinhos 100 Pontos de Robert Parker.

Bons vinhos a todos!

Fontes:

Otra vez, 100 puntos


https://zuccardiwines.com/pt-br/nuevamente-un-vino-de-zuccardi-alcanza-los-100-puntos-parker/

2 comentários em “Vinho Argentino Recebe 100 Pontos de Robert Parker e Tim Atkin

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s