Top 20 Vinhos – Julho 2022

Olá amigos!

Em função da nossa viagem à Salta, Argentina, para uma passagem nas vinícolas da região (em breve conto tudo aqui), estou um pouco atrasado na divulgação da lista dos melhores vinhos do mês.

Aliás, o mês de Julho foi muito “forte” em vinhos da América do Sul, que por sinal estão cada vez melhores, mas também com ótimos exemplares do mundo todo!

E antes da lista de julho, segue a lista de junho para relembrar nossas escolhas: Top 20 Vinhos – Junho 2022.

Top 15 melhores vinhos do mês:

1. Cem Reis Reserva Syrah 2019, Herdade da Maroteira, Portugal – jovem e excelente, guardar.

2. The Investor, Stags’ Leap, Estados Unidos – guardar

3. Las 3 Marias 2015, Gandolini, Chile – guardar.

4. Noemia 2010, Bodega Noemia, Argentina – abrir ou guardar.

5. 23 Barricas Touriga Nacional – Syrah 2014, Herdade dos Grous, Portugal – abrir ou guardar.

6. Osiris Merlot 2011, Antigua Bodega, Uruguai

7. Fumé Blanc 2018, Robert Mondavi Winery, Estados Unidos – abrir ou guardar

8. Piedras Viejas 2017, Matervini, Argentina

9. Cem Reis Viognier 2014, Herdade da Maroteira, Portugal – abrir.

10. Z 2016, De Toren, África do Sul – abrir ou guardar.

11. Obra Prima Coleccion Malbec 2015, Família Cassone, Argentina – abrir ou guardar.

12. Simison Amarone della Valpolicella Classico 2016, Luciano Arduini, Itália – guardar.

Top 3 custo x benefício do mês:

1. Francioni Rosé 2020, Villa Francioni, Brasil – no Empório Frei Caneca por R$ 125.

2. Obra Prima Rosado Cabernet Sauvignon 2021, Bodega Cassone, Argentina – no site da vinícola por R$ 122.

3. Colossal Reserva 2016, Casa Santos Lima, Portugal – no Sonda Supermercado por R$ 110.

Top 5 indicações do mês:

1. Carmin de Peumo 2017, Concha y Toro, Chile – pode trancar na adega e jogar a chave fora. Precisa de uns 5 anos na adega. Corte de 95% Carmenere, 3,5% Cabernet Sauvignon e 1,5% Cabernet Franc com passagem de 14 meses em barricas de carvalho francês. Evolui muito!! Vale a pena esperar.

2. Gran Estirpe Icono Blend 2017, Clos de Chacras, Argentina – Vinazo. Pra quem gosta do estilo de argentinos encorpados e potentes, assim como eu. Uvas Malbec 40%, Cabernet Sauvignon 35%, Merlot 20% e Cabernet Franc 5% com passagem de 14 meses em carvalho francês (70% novo) e 15,0% de graduação alcoólica. Só fico imaginando o resultado daqui uns 5 anos. Pra abrir ou guardar!

3. Finis Terrae 2014, Cousiño-Macul, Chile – sou fã desse vinho, mas seu preço subiu significativamente nos últimos anos. Nessa safra voltou a ter uma porcentagem de Syrah (11%), somados a 45% de Cabernet Sauvignon e 44% de Merlot com passagem em carvalho e 14,1% de graduação alcoólica. Aromas de frutas vermelhas e café, em boca tem taninos firmes, encorpado e final potente.

4. Gran Reserva Colheita de Inverno Syrah 2018, Casa São Geraldo, Brasil – uvas 100% Syrah do Sul de Minas, produzido através do sistema de dupla poda, passa 12 meses em barricas de carvalho francês e americano de diferentes tostas.

5. Tan Solo 2020, Tan Solo, Argentina – vinho do projeto pessoal do Andres Vignoni, que trabalhou muitos anos na Viña Cobos. Corte de 90% Malbec e 10% Cabernet Franc com passagem de 12 meses em carvalho e 14,9% de graduação alcoólica.

Bons vinhos a todos!

2 comentários em “Top 20 Vinhos – Julho 2022

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s