11° Grand Tasting São Paulo – Masterclass Wines of Chile Luxury Tastings

Olá,

Muito já falamos da qualidade e da diversidade dos vinhos chilenos por aqui. O Chile, cada vez mais, se consolida como um dos maiores e melhores produtores mundiais.

+ Um Novo Vinho Chileno: Parte 1.

Agora, imaginem uma degustação de ícones do Chile, com a presença de enólogos, apresentados pela jornalista Suzana Barelli, em uma Masterclass organizado nos mínimos detalhes. Foi isso que aconteceu no 11° Grand Tasting – São Paulo, organizado pela Wines of Chile Luxury Tastings e pela Cris Neves.

O evento, que aconteceu no hotel Unique, contou com uma Masterclass onde foram apresentados 12 vinhos acima de 94 pontos dos principais especialistas, seguido de uma feira de vinhos com a participação de diversos dos principais produtores do Chile.

Os vinhos para a Masterclass foram selecionados pela Suzana Barelli. Imagino o quanto difícil foi fazer essa seleção. Hoje o Chile produz vinhos em 18 vales distintos, mostrados na figura abaixo:

ChileWine

A Masterclass

Neste evento participaram jornalistas, wine bloggers, profissionais e personalidades do mundo do vinho, com destaque para nossos parceiros da Confra do Filhos, o melhor Podcast de vinhos, que estiveram com o time quase completo.

Vocês podem acessar o Podcast deles, e conferir o episódio que gravamos juntos, através deste link: Epsisódio de Podcast da Confra do Filhos com o Vaocubo.

Na sequência, falamos sobre os 12 vinhos degustados, na ordem de serviço:

S7 Single Block 2019, Casa Silva: esse eu ainda não conhecia. Uvas 100% Carmenere da vinha Los Lingues, no Vale do Colchagua. Com um estilo mais moderno, 90% do vinho envelhece 12 meses em barricas de carvalho francês e 10% do vinho fica 12 meses em tanques de aço inoxidável.

Vertice 2019, Viña Ventisquero: corte de 52% Carménère e 48% Syrah, o vinho passa 20 meses em barricas de carvalho francês (60% novas). Vai ganhar muito com a guarda, esta bastante jovem.

ACRUX 2019, Viña Sutil: um dos mais complexos do evento, é um corte de 38%  Carmenère, 25% Cabernet Sauvignon, 12% Cabernet Franc, 10% Merlot, 10% Malbec e 5% Petit Verdot com passagem de 24 meses em barricas e foudres de carvalho francês.

Gê 2016, Emiliana: um dos meus favoritos no evento. Complexo e elegante, e com enorme potencial de adega. Nessa safra o corte é 53% Syrah, 36% Carmenere e11% Cabernet Sauvignon, envelhecido por 16 meses (80% em carvalho francês de 225 litros, 15% em ovos de concreto e 5% em foudres de 600 litros).

Purple Angel 2018, Viña Montes: sem dúvida um dos principais do evento. Apesar de ser considerado varietal de Carmenere, nessa safra possui 8% de Petit Verdot. Um vinhaço que já está pronto pra abrir ou pode passar bons anos na adega. Passa de 16 a 18 meses em barricas de carvalho francês.

Cerro Basalto Mediterrâneo 2019, Koyle: a maior surpresa do evento, com um estilo que lembrou o velho mundo. Corte de 36% Monastrell, 35% Garnacha, 21% Carignan e 8% Syrah com passagem de 18 meses em foudres e ovos de concreto.

El Principal 2017, Viña El Principal: na minha opinião o melhor do evento. Aliás já é figura carimbada aqui no blog. Corte de 70% Cabernet Sauvignon, 18% Cabernet Franc e 12% Syrah com passagem de 22 meses em barricas de carvalho francês. Aquele clássico chileno!

Caballo Loco Grand Cru Maipo 2018, Viña Valdivieso: corte de Cabernet Sauvignon e Cabernet Franca (não consegui achar a proporção exata da safra), passa 18 meses em barricas de carvalho francês. Ótimo vinho mas neste caso senti falta do Caballo mumerado.

Quelen 2014, Perez Cruz: um dos mais prontos do evento, tem 52% de Petit Verdot, 28% de Carmenere e 20% de Malbec com passagem de 16 meses em barricas de carvalho francês 50% novo.

Franco 2013, Viña Maquis: único 100% Cabernet Franc e o mais evoluído dessa Masterclass (2013), o vinho estagia em barricas de carvalho francês durante 18 meses. Tem um perfil interessante, sem mostrar o herbáceo típico dessa casta.

Le Dix de Los Vascos 2017, Viña Los Vascos: esse também vai evoluir muito na adega, um vinho excelente. Nessa safra o corte é 95% Cabernet Sauvignon e 5% Syrah com passagem de 18 meses em carvalho francês (60% novo). As vinhas do Cabernet Sauvignon tem mais de 70 anos.

Baronesa P. 2019, Baron Philippe de Rothschild: este também eu não havia provado, muito bom vinho. Corte de  78% Cabernet Sauvignon, 6% Carmenere, 6% Petit Verdot, 5% Cabernet Franc e 5% Syrah com passagem de 15 meses em barricas de carvalho (60% novas).

Parabéns a Cris Neves e a Wines of Chile. Evento excelente!

Wines of Chile Luxury Tasting na ABS – São Paulo.

Bons vinhos a todos!

Serviço:
Wines of Chile Luxury Tastings:  @winesofchileluxurytastings
Cris Neves: @crisnevesvinhos

7 comentários em “11° Grand Tasting São Paulo – Masterclass Wines of Chile Luxury Tastings

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s