Top 20 Vinhos – Novembro 2022

Olá,

Chegamos ao final de novembro. Já em ritmo de festas!

E também dias bastante corridos! Dessa forma, vou ser mais breve aqui na apresentação do mês e ir diretamente para a lista dos melhores.

Mas antes, convido vocês a lembrarem dos nossos eleitos do mês anterior: Top 20 Vinhos – Outubro 2022.

Top 12 melhores vinhos do mês:

1. Torre 2007, Herdade do Esporão, Portugal – abrir ou guardar.

2. Tatay de Cristóbal 2015, Viña Von Siebenthal, Chile – guardar.

3. Camartina 2000, Querciabella, Itália – abrir.

4. Luce 2014, Tenuta Luce, Itália – abrir ou guardar.

5. CastelGiocondo Brunello di Montalcino 2010, Frescobaldi, Itália – abrir ou guardar.

6. Pangea 2012, Viña Ventisquero, Chile – abrir

7. Maria Carmen Chardonnay 2020, Bodegas Bianchi, Argentina – guardar.

8. Toknar 2011, Viña Von Siebenthal, Chile – abrir ou guardar.

9. Honorem 2019, Francisco Puga y Família, Argentina – guardar.

10. Gran Matilda Cabernet Franc 2019, Bodega La Azul, Argentina – abrir ou guardar.

11. Rosé 2021, Villa Francioni, Brasil – abrir ou guardar.

12. La Gran Nave 2018, Bodega Canopus, Argentina – abrir ou guardar.

Top 3 custo x benefício do mês:

1. Las Mercedes Singular Semillon 2017, J. Bouchon, Chile – na Casa Sagres por R$ 65.

2. Qu4tro 2014, Casa Perini, Brasil – na Casa Monte Alegre por R$ 170.

3. Sauvignon Blanc late Harvest 2021, Viña Morandé, Chile – na SetWines por R$ 80.

Top 5 indicações do mês:

1. Disobedience 2019, Kaiken, Argentina – corte de 60% Malbec, 30% Cabernet Sauvignon e 10% Merlot, parceria entre a @kaikenwines e Francis Mallmann com a participação de Aurélio Montes. Apesar de muito jovem apresenta bom equilíbrio. Em boca tem notas aveludadas com fruta madura e final longo

2. Tinto 2012, Cortes de Cima, Portugal – corte de 40% Aragonez, 35% Syrah, 15% Touriga Nacional, 10% Petit Verdot. Passa 12 meses em carvalho francês (70%) e americano (30%). Safra 2012 em ótimo estágio de evolução, pronto para abrir.

3. Reserva 2016, Marques de Riscal, Espanha – esse é um clássico que já esteve aqui por diversas vezes. Mas não me canso de indicar. Impressionante a consistência safra após safra.

4. Parcelas de Manso 2015, Família Torres, Chile – ótimo 100% Cabernet Sauvignon de 2 parcelas muito especiais, do vale do Curicó. Bastante encorpado e com largo final.

5. Cerdeña Isola dei Nuraghi 2007, Argiolas, Itália – um dos destaques do evento de novembro do Blog Vaocubo com vinhos italianos. Uvas Vermentino com passagem de 8 meses em carvalho francês.

Bons vinhos a todos!

 

3 comentários em “Top 20 Vinhos – Novembro 2022

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s