Baco Wine Bar – Dicas de Vinhos

Olá,

Já estamos em fevereiro!

E o mês promete ser bastante movimentado aqui no Blog, com a postagem dos melhores vinhos do mês de janeiro, a degustação vertical dos vinhos da Viña VIK e, principalmente, vamos abordar a questão dos preços dos vinhos que tem se mostrado um fator impeditivo para o aumento do consumo de vinhos por aqui.

Este último tema me veio a cabeça durante minha última visita ao Uruguai, esta semana, em uma noite de vinhos no Baco de Montevideu, um dos meus Wine Bars favoritos que já foi tema aqui no Blog (Wine Bars em Montevideu – Noite de Vinhos!) e, durante a passagem no Duty Free, primeiro em Montevidéu e na sequência em Guarulhos com gritantes diferença de preços nos vinhos, em dólar.

O Baco tem boas opções de vinhos por taça, mas o preço da garrafa de alguns ícones Chilenos e Argentinos chamaram a minha atenção. Há tempos eu não via um preço tão convidativo na Carta de Vinhos de um restaurante. Mesmo que não seja barato, são preços imbatíveis para vinhos ícones.

Isso mostra que os restaurantes brasileiros podem aprimorar a sua carta e buscar opções de vinhos numa faixa de preço x qualidade que incentivem o cliente ao consumo.

Mas vamos aos exemplos práticos da Carta do Baco de Montevidéu:

1. Clos Apalta 2014 – o ícone da Lapostolle custa aproximadamente R$ 670 (5.840 pesos uruguaios). Este mesmo vinho custa no Brasil R$ 1.624 na DiVinho, mesmo preço da safra 2015 no importador oficial, a Mistral. Ou seja, o preço em um restaurante no Uruguai é menos de 60% do valor que em algumas lojas no Brasil.

Baco 1

2. Nicolas Catena Zapata 2015 – um dos principais vinhos da Catena Zapata custa R$ 480 (4.200 pesos uruguaios). No Brasil custa R$ 770 no importador oficial, a Mistral.

3. Malbec Argentino 2013 ou 2015 – outro grande vinho da Catena custa R$ 430 (3.795 pesos uruguaios). O preço aqui, na Vino Mundi é R$ 854, praticamente o dobro.

Outras boas opções na Carta, em faixas de preço mais razoáveis são: o Emiliana Coyam 2016 por R$ 150, o Grus 2016 por R$ 150, o Gran Vin de Villard Chardonnay por R$ 125 e o Las Moras Gran Syrah 2014 por R$ 145. Isso sem falar nos ótimos vinhos uruguaios com preços similares as grandes lojas locais.

O menu completo está no link a seguir: Menu – Baco Uruguai

Outro detalhe importante: se quiser comprar alguns vinhos para levar para casa, de acordo com o rótulo, ainda tem um desconto no valor da Carta. E quem quiser levar o seu próprio vinho, a taxa de rolha é de R$ 25 aproximadamente.

Vale a pena passar por lá em eventual visita ao Uruguai.

Serviço:
https://bacobistro.com/
Endereço: J.L, José Luis Zorrilla de San Martín 93, 11300 Montevideo.
Telefone: +598 2716 0014

4 comentários em “Baco Wine Bar – Dicas de Vinhos

  1. minha experiência não foi boa nesse winebar. Vinhos brancos servidos numa temperatura fora do aceitável, serviço ruim. Uma pena, pois como vc bem apontou a diversidade dos vinhos é muito boa. Abraço !

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s